6 dicas para visitar Paris a baixo custo

0
29
paris

Paris é sem dúvida uma das cidades mais apreciadas do mundo. Existem pessoas que, como eu, que já a visitaram 4 vezes e parece que não chega. É quase impossível conhecê-la e não querer repetir a visita!

Atente nestes conselhos para que possa ir a Paris, visitando a cidade com qualidade e, melhor, sem gastar demasiado dinheiro.

  1. O aeroporto Charles de Gaulle é longe: vá para Orly

Marque a sua viagem para o aeroporto de Orly e não para o aeroporto Charles de Gaulle, porque o segundo é muito mais longe da cidade. A viagem ficaria já comprometida se pagar 80 euros de táxi (como eu paguei quando fui com um amigo) em vez de pagar 2 euros pelo bilhete de eléctrico e autocarro em Orly.

  1. Aproveite desconto para menores de 26 anos em Paris

Se ainda não fez 26 anos, visite Paris o quanto antes porque não paga no Louvre, no Museu d´Orsay, Arco do Triunfo e muitos outros ícones da cidade. Quando fui a Paris, visitei muita coisa e só paguei a Torre Eiffel. Para ser grátis, basta mostrar o seu cartão de cidadão.

  1. Vá muito cedo para a Torre Eiffel

Longe de mim aconselhar a não ir à Torre Eiffel porque se perde muito tempo na fila. É imperdível aquela vista. Mas, como economia do tempo, aconselho a ir um pouco antes da abertura, bem cedo, para não apanhar uma fila tão grande.

  1. Sítios para ficar e transportes em Paris

Pode procurar o melhor Airbnb para si, mas existe tanta oferta que vou referir já o Bairro Bastille ou Monmatre. Estes Airbnb´s são muito baratos e podem-se considerar dentro da zona central. O melhor cenário é ficar em casa de alguém, mas isso nem sempre é possível. Apenas considere hotel se a viagem estiver marcada entre Setembro e Maio (sem contar com a época natalícia).

  1. Compre passe de metro e autocarro em massa

Em relação aos transportes, compre vários bilhetes em massa com uma previsão de um dia a menos. Por exemplo, se fica 4 dias, compre o que acha necessário para 3 dias. Se faltarem bilhetes ao fim de 3 dias, compra um pouco mais com um desconto menor, mas ao menos não deitou nenhum bilhete para o lixo. Se sobrar ao fim de 3 dias, gaste-os no último dia.

  1. Supermercado e jantar fora alternado

Neste tipo de coisas, o guia turístico é o melhor conselheiro para encontrar o restaurante com melhor qualidade-preço para jantar. Para almoçar e para tomar o pequeno-almoço recorra ao supermercado, fazendo sandes para almoçar, o que é mais prático para não perder muito tempo durante o dia sem visitar a cidade, que é para isso que está lá. Ainda para mais, há vários parques bonitos onde pode almoçar e lanchar o que preparou.

Para saber como viajar com baixo custo, veja também “9 Dicas para viajar”.

Avalie este artigo
COMPARTILHAR
Artigo anteriorRenovações em casa que vale a pena fazer
Próximo artigo5 dicas para aproveitar as férias ainda que tenha uma dívida
Luís Cavaleiro Ferreira
O Luís é uma das novas promessas do Grupo Reorganiza. Estudou no Colégio Militar onde desenvolveu o gosto pelo desporto e o seu carácter. Foi depois para a Universidade Católica e ainda passou pelo Seminário de Caparide. Tem um grande gosto por perceber a origem dos problemas e das suas soluções e o seu lado humano dá-lhe uma grande sensibilidade para os problemas das pessoas, que procura solucionar.

Deixe um comentário

avatar
  subscrever  
Notificação de