-->

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

Poupar Dinheiro Rápido Não Resulta

Poupar Dinheiro

Poupar Dinheiro Rápido Não Resulta

3 min Partilhar 24 de Maio, 2022

Search
Generic filters
Exact matches only

É muito tentador procurar receitas milagrosas. Não é por acaso que dos temas mais procurados na internet são as receitas para ganhar dinheiro rápido ou enriquecer em 3 passos. Artigos interessantes para captar tráfego mas que escondem uma verdade: não há receitas mágicas para poupar dinheiro rápido.

Poupar dinheiro e as dietas rápidas

Poupar dinheiro em tudo o que mexe pode ser uma das piores estratégias de finanças pessoais que poderá tomar para gerir o seu dia-a-dia. É verdade que poderemos ter bons resultados no curto prazo. No entanto, no médio e longo prazo, será que estas estratégias têm um impacto satisfatório?

Com grande probabilidade conhece muitas pessoas que se propõem a dietas rigorosas e muito rígidas para estarem em forma para o Verão. Claro que chega o Verão e a descontração leva o corpo Danone para outras paragens. Com o dinheiro funciona de forma semelhante. Começamos a abrir, poupamos muito dinheiro mas rapidamente desistimos.

Tendo dado este alerta, não deixamos de referir que devemos ter uma postura de poupança. Sim. Devemos criar hábitos para conseguir atingir os nossos objetivos. Agora, vemos é que este esforço de poupança surge mais após algum acontecimento (como aquelas pessoas que querem fazer dietas depois de terem um enfarte). Após este acontecimento focamos em todas as despesas, desde a eletricidade passando pelas telecomunicações, alimentação e créditos. Reformulamos as despesas, eliminamos hábitos e passamos a viver insatisfeitos com a nova vida. Porque tudo é difícil.

Todo o esforço de poupança vai por água abaixo em 6 meses…

Talvez 6 meses seja algo otimista. Regra geral, mal começam a surgir os primeiros sinais de folga financeira aparecem os desejos de consumo (e de consumismo). Facilmente pensamos que se este mês conseguirmos poupar €100, dentro de uns meses já podemos comprar o tablet que tanto “precisamos”. Parece ridículo? Mas é a realidade. Simplesmente… com grande facilidade nos enganamos e deitamos por terra o esforço que fizemos.

Se queremos poupar, temos de planear!

É uma grande chatice mas para poupar dinheiro temos de pensar. Temos de planear. Temos de definir estratégias para conseguirmos colher os frutos no médio e longo prazo. Em poucas palavras, criar hábitos e rotinas de poupança. Este planeamento funciona se definirmos metas para cada rúbrica, que procuramos atingir de forma regular.

No início, sugerimos que não seja demasiado ambicioso para não colocar o esforço todo em risco. Se começamos a querer mudar o mundo rapidamente desmotivamos. Comece em 2 ou 3 rúbricas no máximo, como por exemplo:

  1. Poupar €50 nas despesas do supermercado;
  2. Poupar €50 nos seguros associados ao crédito habitação;
  3. Cortar a despesa das telecomunicações em €20 por mês.

Controle a evolução das metas de forma gradual

Após definir os pontos de esforço e tendo definido estratégias para cortar as várias despesas, é altura de acompanhar a evolução gradual até atingir o esforço, adaptando-se a cada realidade. Na prática, tendo como objetivo poupar €50 no supermercado, podemos definir uma estratégia gradual, como por exemplo:

  • 1º mês – reduzir 20 euros optando por comprar produtos de marca branca;
  • 2º mês – acrescentar 15 euros aos 20 euros do mês passado reformulando os hábitos de compra através da racionalização de produtos não essenciais;
  • 3º mês – alcançar os 50 euros com o planeamento de refeições saudáveis e mais baratas;
  • 4º mês – manter os 50 euros e avaliar o impacto das medidas anteriores na alimentação mensal apurando a necessidade dos mesmos e avaliar a retirada definitiva os hábitos anteriores.

Este processo aplica-se a todas as metas e permite criar novas rotinas onde é possível poupar dinheiro sem grandes impactos emocionais ou distúrbios de necessidades. Assim que atingir uma meta não se esqueça de a manter viva. Adopte o modelo estratégico que elaborou e analise outras soluções com o mesmo efeito, pois não vai querer alimentar-se sempre da mesma forma todos os meses.

Crie hábitos de poupança para poder poupar de forma consistente

Nos exemplos que deixámos conseguimos perceber formas simples de poupar que criam uma base sólida para que consiga manter hábitos. A motivação para definir hábitos é importante para que consiga ver os frutos do esforço. Uma das ideias mais poderosas para poupar passa por automatizar objetivos de poupança e fazer transferências para contas poupança ou outras soluções de poupança e de investimento. No final de contas, contudo, o que conta mesmo é enraizar hábitos. Não lhe parece?

Reorganiza, As Suas Finanças Em Boas Mãos



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro