Poupar Dinheiro Rápido Não Resulta

Poupar Dinheiro

Poupar Dinheiro Rápido Não Resulta

3 min Partilhar 19 de Abril, 2011

Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
poupar dinheiro

É verdade. Tentar Poupar Dinheiro em tudo o que o rodeia é uma das piores estratégias que poderá tomar para gerir as suas Finanças Pessoais. Não é que o resultado imediato não seja satisfatório, mas sim porque no médio e longo prazo simplesmente não funciona e terá mesmo um resultado insatisfatório.

Tal como planear dietas bruscas para que no verão esteja em forma e depois deixar-se levar novamente ao peso anterior, nas questões do dinheiro funciona de forma semelhante.

Na verdade, a generalidade das pessoas pensa em poupar dinheiro sempre que algo não corre da melhor maneira, como por exemplo, um conserto elevado em casa ou no carro, perca de controlo do cartões de crédito, excesso de consumo, entre outros. No período pós acontecimento olha-se para todas as despesas como se alvos se tratassem. Reduz-se a factura da eletricidade, a factura da água, gás, alimentação, vestuário, lazer. Reformula-se e eliminam-se os hábitos e vive-se insatisfeito com a nova vida.

Em 6 Meses Tudo Acaba e Não Consegue Poupar Mais

Estou a ser optimista em dizer que uma atitude como a anteriormente descrita perante o dinheiro irá durar 6 meses. Regra geral, mal começa a surgir os primeiros sinais de folga financeira começa a surgir os primeiros desejos de consumo e o pensamento “ Este mês consegui poupar 100 euros. Daqui por 5 meses já posso comprar o iPad”. Pode parecer ridículo, mas acontece com muita regularidade e assim que comprar o iPad, lá foram 5 meses de esforço financeiro.

Para Poupar Dinheiro Tem de Planear

Planear como pretende poupar dinheiro é o melhor caminho a tomar e garanto-lhe que lhe dará mais frutos no médio e longo prazo pois permitirá criar a rotina de poupança. O planeamento estratégico funciona em definir metas para cada rubrica e procurar atingir de forma gradual cada meta definida.

Mas é preciso não ser ambicioso demais para não colocar todo o esforço em risco. Se desejar poupar em diversas rubricas irá acabar por não poupar em nenhuma. Defina no máximo duas metas, como por exemplo:

Todas as Metas Deverão Ter uma Evolução Gradual Se Quer Ter Sucesso

Em cada meta irá evoluir gradualmente, ou seja, não reduza logo o montante que pretende poupar mas sim vá reduzindo lentamente e adaptando-se a cada nova realidade. Um exemplo é na meta de querer poupar todos os meses 50 euros na alimentação, passar por adoptar uma evolução do tipo:

  • 1º mês – reduzir 20 euros optando por comprar produtos de marca branca;
  • 2º mês – acrescentar 15 euros aos 20 euros do mês passado reformulando os hábitos de compra através da racionalização de produtos não essenciais;
  • 3º mês – alcançar os 50 euros com o planeamento de refeições saudáveis e mais baratas;
  • 4º mês – manter os 50 euros e avaliar o impacto das medidas anteriores na alimentação mensal apurando a necessidade dos mesmos e avaliar a retirada definitiva os hábitos anteriores.

Este processo aplica-se a todas as metas e permite criar novas rotinas onde é possível poupar dinheiro sem grandes impactos emocionais ou distúrbios de necessidades. Assim que atingir uma meta não se esqueça de a manter viva. Adopte o modelo estratégico que elaborou e analise outras soluções com o mesmo efeito, pois não vai querer alimentar-se sempre da mesma forma todos os meses.

Crie Hábitos De Poupança Para Poder Poupar

Nos exemplos anteriores o Leitor presenciou uma forma simples de poupar que irá criar bases sólidas para a manutenção de tal hábito. A motivação para tal é importante pelo que sentir-se motivado é ver frutos do esforço que realiza. Uma das formas de forçar tal motivação é obedecer ao nosso mini guia para poupar realmente dinheiro onde a importância da automatização das poupanças é descrita com cuidado, alertando-se para a necessidade de constituição de poupanças autónomas em produtos como depósitos a prazo ou certificados de aforro.

Nestes termos ao automatizar o dinheiro que poupou com a sua estratégia de poupança irá se sentir responsável pela manutenção de tal automatização ficando assim com a “obrigação” de manter tal modelo em vigor. A motivação agora reforçada pela automatização conduzirá ao hábito que definimos como hábito de poupança, ficando assim esta relacionada diretamente com a motivação.

Assim sendo, e de forma simples, obedecerá ás 5 dicas fundamentais para as suas Finanças Pessoais, na medida em que, estará a poupar para os imprevistos e para o futuro, estará a elaborar gradualmente um orçamento individual ou familiar com um modelo estratégico definido e válido, estará a valorizar o seu dinheiro e ainda, nos casos familiares, estará a envolver gradualmente todos os envolvidos na estratégia que elaborou.

Reorganiza, As Suas Finanças Em Boas Mãos



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá, sou o João, em que posso ajudar?

Outros