4 dicas para separar as suas contas e da sua empresa

Finanças Pessoais

4 dicas para separar as suas contas e da sua empresa

2 min Partilhar 20 de Maio, 2021

Search
Generic filters
Exact matches only
contas bancárias

Não ter o controle preciso e misturar as contas pessoais com as contas da empresa é uma das piores maneiras de gerir um negócio, e pode levar a consequências gravíssimas. No entanto, este mau hábito torna-se cada vez mais comum por conta do alto número de empreendedores autónomos. Para ajudar, preparámos algumas dicas de organização para separar melhor as contas e não prejudicar o caixa do negócio.

Tenha dois fundos de emergência

É fundamental que tenha uma quantia guardada para possíveis emergências, tanto na vida pessoal, como na vida empresarial. A pandemia está aí para mostrar como tudo pode mudar de uma hora para outra, então, é necessário saber preparar para as crises. No entanto, se tiver apenas um fundo de emergência, é provável que na primeira situação adversa você acabe a usar o dinheiro pessoal para sanar a necessidade da empresa ou vice-versa. Mantendo tudo separado, você não terá estas complicações.

Dê preferência aos métodos de pagamentos que facilitam a organização

Se trabalha com venda de produtos, existem algumas coisas básicas que podem tornar mais fácil separar o seu dinheiro do da empresa. Quando vendemos em dinheiro vivo e andamos com o dinheiro, é muito fácil passar por uma distração e utilizar o dinheiro da empresa em pequenas compras do dia-a-dia. Por isso, a dica é procurar a melhor máquina de cartão e incentivar que os seus clientes utilizem este método. Assim, o dinheiro cairá automaticamente na sua conta empresarial e não precisará se preocupar em dividir manualmente qual dinheiro é seu e qual é do seu negócio.

Analise minuciosamente seus gastos

Saber quais são os reais gastos com a manutenção da sua empresa é essencial para saber qual o seu verdadeiro lucro e, assim, estimar quanto do dinheiro pode utilizar na sua vida pessoal. Antes de ter a noção exata do seus ganhos, o ideal é não retirar nenhum dinheiro da empresa, apenas reinvesti-lo no negócio. Por isso, vale a pena reservar um tempo para obter este conhecimento. Registe absolutamente tudo, desde as despesas mais corriqueiras, até as mais importantes.

Formalize o negócio e crie contas bancárias separadas

A formalização do empreendimento é um passo essencial para separá-lo da vida pessoal. Afinal, isso permitirá que crie contas bancárias empresariais. Mesmo sendo algo básico, muitos empreendedores ainda acreditam que podem gerir tudo em apenas uma conta. Porém, mais cedo ou mais tarde, acabará acontecendo alguma confusão e, ou você, ou a empresa, acabará a perder dinheiro. E nunca se esqueça: mesmo que a empresa seja só sua, você deve receber pelo seu trabalho, caso contrário, nunca terá qualidade de vida.



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro