A (difícil) escolha entre uma escola pública e um colégio privado

Educação das Crianças Finanças Pessoais

A (difícil) escolha entre uma escola pública e um colégio privado

2 min Partilhar 4 de Abril, 2018

Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
livros gratuitos

Todos os pais querem o melhor para a sua família e sonham desde cedo com o futuro brilhante e promissor dos seus filhos. Mas entre o momento em que nascem e o da escolha de uma carreira, é importante saber definir um caminho adequado às várias circunstâncias que vão surgindo na vida da família.

Poderão ser questões relacionadas com os ideais familiares, com a personalidade ou apetência de cada filho ou com a capacidade económica da família.

Definir prioridades

Algumas famílias acreditam que o facto de os filhos frequentarem um colégio privado lhes traz status e prestígio, outras privilegiam o ensino público acreditando que aí estão os professores mais competentes.

Em qualquer dos casos, importa definir, à partida, duas questões importantes:

  1. O que é a família valoriza em termos pedagógicos e de formação humana? Quais as melhores soluções que vão ao encontro do que procuram?
  2. Qual a capacidade financeira da família? De que forma poderá fazer face, a médio-longo prazo, de determinados gastos financeiros?

Dar atenção ao orçamento familiar

Reiterando o que dissemos anteriormente, todos os pais sonham com um futuro brilhante e repleto de oportunidades para os seus filhos.

Contudo, existem riscos financeiros associados às escolhas que fazemos que não devem ser desprezados, principalmente quando os pais se sacrificam a curto-prazo para poder permitir o acesso dos seus filhos às melhores escolas.

Antes de mais, importa fazer uma análise cuidada do orçamento familiar por forma a adequar os gastos mensais da família com as suas reais possibilidades.

Muitas vezes aquilo que parece comportável ou «à risca» pode-se converter, a curto-prazo, num perigo financeiro devido à dificuldade em suportar os custos das obrigações financeiras, onde se incluem os colégios dos filhos.

O bem-estar da família em primeiro lugar

Sugerimos que analise, primeiramente, se a relação entre o custo (não só individual, mas também familiar) e o benefício da inscrição num colégio é comportável.

Em todo o caso, lembre-se que existem muitas ofertas extracurriculares que poderão completar e enriquecer a formação académica e humana do seu filho.

Decisões destas nunca são simples ou fáceis e não devem ser tomadas de ânimo leve. Exigem muito diálogo, reflexão e sintonia entre os pais.

Acima de tudo, tente ser prático e descomplicado e ver as situações de um prisma o mais geral possível, já que vivemos numa época em que as possibilidades são cada vez mais abrangentes.

O equilíbrio da sua família depende disso.


Mafalda Morais Barbosa é mãe de 5 filhos e acredita que as relações familiares e a educação dos filhos passam não só pelos vínculos naturais de proteção e de afeto, mas também por uma formação cuidada e bem orientada para a complexa tarefa de educação dos seus filhos. É licenciada em Sociologia e possui um interesse especial pela área social e pela área da educação, áreas onde trabalhou durante vários anos.



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá, sou o João, em que posso ajudar?

Outros