Apps de Investimento: Qual Devo Escolher

Investir

Apps de Investimento: Qual Devo Escolher

3 min Partilhar 11 de Dezembro, 2020

Search
Generic filters
Exact matches only
investir

Fazer investimentos financeiros nunca foi tão fácil como agora. Nos anos 80 sobreveio uma curta “febre” de investimentos em ações na Bolsa de Valores de Lisboa (hoje, Euronext Lisboa), com grande participação popular e não apenas de investidores de grandes recursos. A “moda” passou, principalmente após o crash de 1987, mas poderá estar a desenvolver-se novamente. Já não dirigida à Euronext Lisbon, mas às novas aplicações móveis que permitem investimentos de forma muito mais fácil, rápida e diversificada do que no passado.

Como Devo Escolher uma App?

Os critérios de escolha de uma aplicação de investimento estão estreitamente relacionados com os critérios de investimento propriamente ditos. Os objetivos de investimento e o montante disponível/a utilizar ajudarão a determinar em que tipo de ativos se quer investir. O perfil de risco também, consoante o investidor queira arriscar mais ou menos, ou procure ganhos fortes a curto prazo ou ganhos mais certos a longo prazo.

Há certas características que devem, porém, ser analisadas independentemente dos objetivos pessoais do investidor. Trata-se do preço de utilização (as apps não são necessariamente grátis), das funcionalidades incluídas, da “user experience” (experiência de utilizador) e do tipo de contas suportadas. O tipo de bens de investimento disponível terá de ser tido em conta, claro; não vale a pena descarregar uma app que não permite investir em Ethereum se se tenciona investir nessa criptomoeda. Deve verificar-se que aplicação está disponível no sistema operativo que se usa, pois nem todas o estão simultaneamente para iOS e Android.

Atenção à segurança

Paralelamente, deve considerar-se a aquisição de uma VPN (Virtual Private Network) para utilizar juntamente com a app. Uma VPN constitui uma ligação privada e segura entre o telemóvel (ou computador, ou router) do utilizador e a internet; nomeadamente aos sites aos quais se liga, mas também aos servidores que as suas apps móveis precisam de aceder. Os níveis de encriptação e privacidade das comunicações online são muitíssimo mais elevados quando se usa uma VPN. Dada a importância e sensibilidade dos investimentos financeiros, é conveniente proteger tais transferências contra hackers e intrusos que possam comprometê-las.

Exemplos de Apps de Qualidade

Vejamos alguns exemplos de apps de investimento recomendáveis.

Webull

A Webull é uma app com boa qualidade geral. Permite o investimento no mercado de ações, opções e ETF (Exchange Traded Funds), estando focada nestes ativos. Já permite criptomoedas, mas tal é ainda uma novidade nesta plataforma. A quantidade de funcionalidades e características para investir em opções e ações torna-a uma boa escolha para investidores com experiências, mas algo exigente para iniciantes. Quem estiver disposto a perseverar até aprender tem aqui uma boa opção. Não tem depósito mínimo e não cobra comissões pelos investimentos, mas cobra por transferências bancárias e outros serviços, como “streams” de dados em tempo real.

SoFi

Tal como a Webull, também a SoFi é recomendada para ações, opções e ETFs, e também inclui criptomoedas. Porém, a SoFi é mais recomendada para investidores iniciantes, pois inclui modos de “learning”. Crucialmente, permite fazer mini-investimentos, os chamados “Stock Bits”, diminuindo o risco de quem está a aprender. Não cobra pelo “trading” de ETFs e de ações e tem um depósito mínimo de apenas 1$, mas cobra 1,25% por investimentos em criptomoedas.

Ally

A Ally é uma opção muito equilibrada, sendo também ideal para investidores que estão a aprender os segredos do negócio. A app não tem muitas funcionalidades, mas tem todas as que são essenciais. Além disso, no website há funcionalidades extra não disponíveis na app, que poderão ser exploradas mais tarde. A Ally permite investir em quase tudo: fundos, opções, “bonds”, ações, ETFs e outros. Não cobra comissões pelo investimento em ações e ETFs, mas verificam-se taxas em diversos outros serviços. Os especialistas apreciam a Ally especialmente por reunir funcionalidades de “banking” e investimento numa só aplicação.

Fidelity

Uma das características que mais distingue a Fidelity das restantes aplicações é o seu foco no longo prazo e em soluções de investimento a pensar na idade da reforma. Uma conta Fidelity permite aceder a guias sobre como investir a muito longo prazo, calculadoras com fórmulas específicas para tais cenários, entre outras opções. Permite o “trade” em ações, ETFs, fundos, entre outros tipos de assets”, e também permite o investimento fracionado como a SoFi.

TD Ameritrade

A TD Ameritrade é a app de uma das maiores empresas de “brokerage” dos Estados Unidos. A app pode ser utilizada em dois modos; o “default”, dirigido aos iniciantes, e o mais avançado, que traz funcionalidades e dados (gráficos, tabelas, etc.) dignos de um corretor de Wall Street. O valor da Ameritrade foi reconhecido após o anúncio da sua compra pela importante Charles Schwab Corporation, em novembro de 2019. O processo está em fase de finalização.



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá, sou o João, em que posso ajudar?

Outros