-->

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

Coliving – partilhar casa com outros jovens

Imobiliário

Coliving – partilhar casa com outros jovens

3 min Partilhar 27 de Outubro, 2022

Search
Generic filters
Exact matches only

Coliving pode ser uma solução habitacional para os jovens que ao acabarem os estudos e entrarem na vida ativa gostariam de ter o seu próprio espaço, mas para os quais os ordenados baixos parecem ser um obstáculo.

Este novo conceito tem-se expandido por todo o mundo, principalmente nas grandes cidades. Os jovens que não se querem preocupar com gastos de luz, gás e internet, gostam de conviver com pessoas com interesses comuns ou que vão trabalhar na zona apenas por um período de tempo são os que mais aderem a este novo conceito.

O Coworking está por detrás deste conceito

Coworking, um termo que já entrou no nosso conceito de trabalho. E que tem cada vez mais adeptos entre quem não tem dinheiro para ter o seu próprio espaço. Para além da poupança os escritórios partilhados têm como vantagem o poder ter sinergias no seu trabalho, partilhando não só experiências e conhecimentos, mas também hipóteses de socializar com outras pessoas. E com a vantagem adicional de não ter de ficar por longos períodos.

Ora a adaptação deste conceito à habitação resultou no Coliving

 O que é então o Coliving?

Se Coworking significa partilhar o espaço de trabalho, Coliving significa partilhar o espaço onde se habita. Mas não é a mesma coisa que casa partilhada.

Trata-se de um espaço onde pode morar sem ter necessidade de fazer um contrato de arrendamento, ter fiadores ou provas de rendimentos e onde as tarefas de casa são partilhadas. Na renda que pagar estará incluído o valor de todas as despesas da casa: eletricidade, gás e internet.

E é também pode ser espaço de Coworking. Ou seja, viver em Coliving significa compartilhar um espaço de vida e de trabalho com outras pessoas. Moramos num apartamento/ moradia compartilhada, e o mesmo espaço também é um espaço de trabalho

Este modo de habitar numa grande cidade tem vindo a ser oferecido por algumas empresas para os seus colaboradores quando estes têm de ir trabalhar temporariamente para outras cidades onde a empresa tem instalações.

A quem se destina o Coliving

Destina-se a jovens profissionais, trabalhadores expatriados ou mesmo estudantes que em vez de arrendarem uma casa recorrem a empresas que oferecem este tipo de alojamento “com tudo incluído”.

Mas se o Coliving tem vantagens também tem desvantagens.

As vantagens do Coliving

Não necessita de fazer contrato de arrendamento

À semelhança do que acontece se optar por ir para um apartamento de Airbnb não tem de fazer contrato de arrendamento, e por isso não terá de ter fiador, entregar caução ou pagar rendas antecipadas. Também não está obrigado a tempo de permanência mínimo

Localização

As casas em Coliving ficam no centro da cidade onde o comércio se concentra bem como a animação que a cidade oferece. O local ideal para trabalhar e gozar a vida.

Partilha áreas comuns e tarefas da casa

Só os quartos poderão ser individuais (mas existem locais onde não o são) e as restantes áreas são comuns sendo obrigatório a partilha de todas as tarefas da casa. Cooperação é palavra de ordem.

Mas note que alguns serviços comuns até podem estar incluídos no contrato sendo feitos por outros profissionais como por exemplo a limpeza e o tratamento de roupas (lavandaria). Por isso veja o que inclui a renda que irá pagar.

Socialização e networking

Para quem chega a uma cidade nova onde não conhece ninguém, ir viver para um espaço de Coliving é a maneira mais fácil de conhecer novas pessoas e fazer amigos.

Desvantagens do Coliving

Se quer privacidade não a terá

Caso seja uma pessoa que goste de ter o seu espaço não será certamente num espaço do Coliving onde o convívio é palavra de ordem, e ficar no seu quarto não é seguramente opção já que terá tarefas definidas.

Se quer fazer vida de casal também será difícil

Se vai morar para outra cidade e leva consigo a sua cara-metade decerto que ir viver para num espaço do Coliving não será seguramente opção.

As diferenças entre Coliving e casa partilhada

Viver numa casa partilhada significa viver na mesma casa, podemos até ficar amigos e partilhar amizades, mas não temos de trabalhar juntos. O que não acontece no Coworking, aí trabalhamos no mesmo espaço e a interligação profissional entre todos acontece.

Em conclusão

A oferta destes espaços é mundial e se gostou do artigo e pensa que pode ser uma solução para si consulte um site especializado aqui



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro