-->

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

Crédito para obras – Como financiar as suas obras

Crédito

Crédito para obras – Como financiar as suas obras

2 min Partilhar 24 de Junho, 2022

Search
Generic filters
Exact matches only

Ao comprar uma nova casa é natural que tenhamos de fazer algumas obras, especialmente se falamos da compra de uma casa usada. Neste artigo falamos-lhe sobre diferentes alternativas para financiar as obras da sua casa.

Antes de começar…

Antes de começarmos, é fundamental que faça as contas ao valor total das obras. Na prática, deverá recolher diferentes orçamentos para perceber o valor que vai gastar. Neste ponto, tenha especial cuidado aos “já agora”, pois vamos somando pequenas despesas a um bolo maior que ficará cada vez maior.

Crédito habitação

Dependendo do montante necessário, a forma mais barata de financiar as obras de sua casa passa por enquadrar o montante que precisa no seu crédito habitação. É certo que precisará de acautelar a relação entre o montante de empréstimo e o valor de garantia, que como sabemos não poderá ser superior a 90% (veja no nosso simulador qual o valor máximo de crédito habitação que pode ter). Financiar as obras com crédito habitação implica que tem um prazo alargado e a taxa de juro mais barata do mercado. Por outro lado, significa que irá dilatar muito no tempo a liquidação do crédito, o que pode representar um custo acrescido.

Crédito habitação para obras

O crédito para obras é um crédito que costuma ter associada a hipoteca do seu imóvel, o que fará com que tenha um spread mais baixo e um prazo também ele dilatado no tempo. O problema é que a finalidade de obras costuma ter associado um conjunto de vistorias para libertação de tranches de financiamento. Por outro lado, implica que o cliente tenha de adiantar o dinheiro que depois será libertado. De notar, ainda, que as vistorias têm o risco associado ao não cumprimento dos prazos e das especificações por parte do empreiteiro e têm uma comissão associada.

Crédito pessoal

O crédito pessoal é uma outra forma de financiar as suas obras. No entanto, é a pior forma de financiamento uma vez que as taxas de juro estão associadas às taxas do crédito pessoal normal. Ou seja, pagará taxas muito superiores e terá um prazo bastante mais curto para liquidar o empréstimo. Em poucas palavras, terá uma prestação mais elevada e pagará mais juros. Dito isto, para montantes mais baixos, poderá ser mais interessante do que o crédito habitação ou crédito para obras, uma vez que não tem tantas comissões e custos associados e não deverá ter obrigatoriedade de contratar um seguro de vida. Por exemplo, não precisa de fazer uma hipoteca.

Qual a melhor solução de crédito para obras?

Apresentamos 3 alternativas para que possa financiar as suas obras. É certo que o mais interessante é conseguir financiar com capitais próprios, mas se está a ler este artigo é provável que não tenha essa folga orçamental ou que não se queira descapitalizar. Assim, a resposta à pergunta será dada pelo montante que necessita. Se falamos de obras de montantes acima de 30.000€, poderá ser mais interessante o financiamento com recurso à hipoteca da sua casa. Se falamos de montantes mais baixos e se tem taxa de esforço, talvez possa ser mais imediato a contratação de um crédito pessoal. Em caso de dúvidas, simule com um dos nossos consultores o que será melhor para si.

SIMULE SEM COMPROMISSO

2 anos


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro