SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

Já experimentou o poder de um museu na sua vida?

Bem Estar Desenvolvimento Pessoal Poupar Dinheiro

Já experimentou o poder de um museu na sua vida?

4 min Partilhar 18 de Maio, 2022

Search
Generic filters
Exact matches only
Museus

O Dia Internacional dos Museus, celebra-se no dia 18 de maio, e este ano o International Council of Museums (ICOM) dedica-o ao tema ‘O Poder dos Museus’​, no intuito de explorar o potencial dos museus para trazer mudanças positivas ao mundo. Neste artigo, conheça as melhores propostas para visitar nos próximos dias e ao longo de todo o ano.

Celebrar a data em 2022

Para celebrar a data simbólica, museus de todo o mundo promovem iniciativas especiais — e muitos deles oferecem a entrada aos visitantes neste dia, Portugal incluído.

Em Lisboa, por exemplo, um dos museus em destaque é o da Fundação Calouste Gulbenkian. Entre 18 e 21 de maio, o Museu Gulbenkian e todas as exposições temporárias vão ter entrada gratuita — sendo que no dia 21 o espaço pode ser visitado até às 22 horas.

O Museu Gulbenkian vai receber encontros com artistas, investigadores, mediadores e curadores, que irão abordar temas diversos, que vão da quântica das obras de arte à condição humana de Rembrandt. A programação, que também inclui iniciativas do Centro de Arte Moderna (CAM) da Fundação, e inclui uma programação desenhada em parceria com o coletivo de jovens ‘15-25 Imagina’, e conta com visitas, workshops, conversas, DJ sets, com diferentes interlocutores e é dirigida a públicos diversificados.

Noutro local da cidade, no Centro Cultural de Belém, o Museu Coleção Berardo também estende a data e terá entrada gratuita a 18 e 21 de maio. O espaço recomenda aos visitantes as exposições “O Esplendor”, de Gérard Fromanger; e “Last Folio”, de Yuri Dojc e Katya Krausova, que encerram no fim do mês.

Há inúmeros exemplos espalhados pelo país por estes dias, por isso explore a programação dos museus da sua região.

Museus imperdíveis todo o ano: domingos e feriados gratuitos

À boleia desta data, hoje deixamos-lhe pistas para aproveitar todo o potencial dos museus que têm o poder de transformar o mundo à nossa volta. São lugares incomparáveis de descoberta, mostram-nos o nosso passado e abrem as nossas mentes para novas ideias — dois passos essenciais para construir um futuro melhor.

Às vezes não sabemos mesmo o que fazer ao fim-de-semana com família, amigos ou mesmo sozinhos. Se antes os museus nacionais só nos davam uma ajudinha uma vez por mês, desde o Verão de 2017, todos os museus (palácios e monumentos) pertencentes à Direcção-Geral do Património Cultural (e que são muitos) têm entrada totalmente livre todos os domingos e feriados.

Num museu tem a garantia de um dia diferente e bem passado. Se noutros tempos a ideia de ir a um museu cheirava a bafio, silêncio, regras e caras fechadas, hoje os museus são muito mais próximos do público: têm pequenas e interessantes exposições temporárias (para além das coleções permanentes, que também trocam as peças expostas de tempos a tempos); múltiplas atividades para os mais novos (informe-se previamente se há no dia em que pensa ir, caso tenha crianças); visitas guiadas que tornam as obras expostas bem mais fáceis de apreciar; jardins; cafetarias e programação paralela – concertos, ciclos de cinema, etc.

Conhece, por exemplo, as grandes joias do património artístico nacional? Se tem crianças ou adolescentes na família, alguma vez lhes falou disso? Lembra-se de ter visto ou revisto a lindíssima Custódia de Belém, As Tentações de Santo Antão, de Bosch, A Sesta, de Almada Negreiros, ou o ‘coche’ do Regicídio, com as marcas das balas que atingiram D. Carlos I? E de conhecer experiências científicas, património natural, monumentos ou novos artistas que o podem inspirar?

Pois é…os museus oferecem tudo isto durante todo o ano, na companhia de quem mais gostar, e a baixo custo ou custo zero.

Siga estas pistas úteis:

Aproveite também os museus virtuais (algo que a pandemia nos trouxe e que é útil quando não se pode sair). Não se esqueça que os museus nacionais, os monumentos e sítios, e alguns museus municipais e privados têm entrada livre, ou descontos, ao domingo e feriado.

Acompanhe a sua programação, porque para além do dia livre, têm ainda atividades gratuitas para crianças e alguma programação cultural. Hoje os museus são espaços dinâmicos a chamar públicos de todas as idades, com espaços de lazer associados, como cafetarias ou jardins.

No campo da ciência, tem também os Centros de Ciência Viva com muitos descontos e atividades livres, com uma programação muito virada para aguçar a curiosidade dos mais novos, mas excelente para adultos.

Explore abaixo uma lista de museus a visitar, mas lembre-se de consultar outros museus mais pequenos espalhados pelo país:

Museu do Chiado – Museu Nacional de Arte Contemporânea, Lisboa

Casa-Museu Dr. Anastácio Gonçalves, Lisboa

Museu de Arte Popular, Lisboa

Museu Nacional de Arqueologia, Lisboa

Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa

Museu Nacional do Azulejo, Lisboa

Museu Nacional dos Coches, Lisboa

Museu Nacional de Etnologia, Lisboa

Museu Nacional do Teatro, Lisboa

Museu Nacional do Traje, Lisboa

Mosteiro da Batalha, Batalha

Museu Monográfico de Conímbriga, Condeixa-a-Nova

Museu Grão Vasco, Viseu

Museu Nacional Machado de Castro, Coimbra

Museu Nacional Soares dos Reis, Porto

Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa

Panteão Nacional, Lisboa

Mosteiro de Jerónimos, Lisboa

Torre de Belém, Lisboa

Palácio Nacional de Mafra, Mafra

Convento de Cristo, Tomar

Mosteiro de Alcobaça, Alcobaça

Outros museus gratuitos:

Museu da Marinha, Lisboa (1º domingo de cada mês)

Museu do Dinheiro, Lisboa (todo o ano)

Museu Berardo, Lisboa (todos os Sábados)

Museu do Oriente , Lisboa (Sextas-feiras – 18h00 – 22h00)

Museu Calouste Gulbenkian, Lisboa (todos os domingos a partir das 14h)

Museu da Marioneta, Lisboa (todos os domingos de manhã)

MAAT, Lisboa (1º domingo de cada mês)

Museu de Serralves , Porto (1º domingo de cada mês -10h00-13h00)

Castelo de S.Jorge, Lisboa (todos os domingos de manhã)

 



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro