Mais-Valias Na Venda De Imóveis

Crédito

Mais-Valias Na Venda De Imóveis

3 min Partilhar 22 de Fevereiro, 2017

Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
venda de imóveis

O conceito de Mais-Valias ou ganho de capital corresponde à diferença positiva entre o preço de alienação de um bem ou produto e o preço da sua aquisição.

Se a diferença entre a operação inicial e a operação final for negativa, estamos perante uma perda de capital (menos-valias).

Como calcular mais-valias

Deparamo-nos com este conceito normalmente na venda de imóveis. A Mais-Valia é a diferença entre o preço de compra que teve que cobrir para ter a propriedade do bem, e o preço com que conseguiu vender o mesmo.

A título de exemplo, vamos assumir que adquire um imóvel por 100 mil euros, e vende por 150 mil euros. Teve uma mais-valia de 50 mil euros. Visto de forma superficial, este valor corresponde ao valor que ganhou com a venda do bem. Aparentemente, um bom negócio.

Contabilizar impostos e documentação

Para perceber qual o seu lucro neste negócio, não pode esquecer de contabilizar as despesas associadas à operação. Enumeramos algumas dessas despesas:

  • Escritura – aquando da aquisição do imóvel e passagem para seu nome. Vulgarmente este custo ronda os €650,00 (valor médio).
  • IMT – ou Imposto Municipal sobre a Transmissão Onerosa de Imóveis. Vai incidir sobre o valor constante do Contrato ou sobre o valor patrimonial tributário (VPT) dos imóveis, consoante o que for maior. A percentagem de tributação é variável entre 2% e 6%, e até ao valor de €92.407,00 não é calculado.
Mais-valias
Pode calcular o valor de imposto em http://apemip.info/info/imt.cfm
  • Imposto Selo – imposto do estado sobre variadas operações isentas de IVA. O imposto é de 0,8% e vai incidir sobre o valor constante do Contrato ou sobre o valor patrimonial tributário (VPT) dos imóveis, consoante o que for maior.
  • Se recorrer a financiamento para a aquisição da habitação, irá pagar duas vezes este imposto, sobre o valor contabilizado acima e sobre o crédito financiado.
  • Custo de solicitadoria – alguns bancos cobram custas processuais. O valor médio ronda os 300€.
  • Tributação sobre as Mais-Valias – se não investir o lucro conseguido com a operação, metade deste será englobado no seu IRS e tributado de acordo com o seu escalão caso opte pelo englobamento das categorias. Trata-se da tributação sobre venda de imóveis.

Com o exemplo  analisado anteriormente, se obteve um lucro de €50.000,00, metade da mais-valia vai ser tributada em IRS. Ou seja, vai ter um incremento de rendimentos de €25.000,00 no ano fiscal da operação ao qual será aplicada a sua taxa de imposto (que pode variar caso opte por englobar ou não os seus rendimentos).

Este cálculo não é tão linear. A este montante pode conseguir deduzir melhorias do imóvel e alguns dos impostos descritos acima, se ocorridos nos últimos 5 anos.

E se o Imóvel tiver um Crédito Habitação?

Se o seu imóvel tem um crédito habitação saiba que os juros não são um custo fiscalmente aceite. Assim, ao vender o seu imóvel irá ter de liquidar antecipadamente o crédito habitação, o que implicará um encargo de 0.5% (se tiver taxa variável) ou 2% (se a taxa for fixa).

Duas Dicas Para Quem Tem Crédito Habitação

Se tem um crédito habitação saiba que pode poupar muito dinheiro transferindo o crédito para outra instituição. Também é possível poupar muito dinheiro se transferir o seguro de vida para outra companhia de seguros (e muitas vezes não tem qualquer agravamento no spread).



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá, sou o João, em que posso ajudar?

Outros