Seguro Auto – Tudo o que precisa de saber

Seguros

Seguro Auto – Tudo o que precisa de saber

4 min Partilhar 5 de Novembro, 2018

Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
Seguro auto|Facultativo Ou Obrigatório

O seguro automóvel é muito popular especialmente por ser um seguro obrigatório. Sim, fazemos muitos seguros apenas porque são obrigatórios, o que pode ser imprudente. Neste artigo vamos falar-lhe do seguro auto e das suas coberturas obrigatórias.

Seguro de Responsabilidade Civil

O Seguro automóvel de responsabilidade civil é o seguro auto que é obrigatório por lei, para todos os veículos terrestres a motor e seus reboques. Assim, qualquer proprietário de um veículo com estas características tem de ter um seguro. Se não tiver o seguro de responsabilidade civil irá sujeitar-se a muitos problemas potenciais, entre os quais multas e apreensão do veículo.

Tenha em mente que se não tiver um seguro de responsabilidade civil (que está incluído nos seguros contra todos os riscos ou denominado danos próprios) e se tiver um sinistro, irá ter problemas graves.

Neste âmbito, o seguro automóvel tem uma importância acrescida na medida em que o proprietário ou o condutor de um veículo são responsáveis civilmente por todos os danos causados a terceiros da sua responsabilidade. Imagine o que seria mandar uma ponte a baixo…

Quais as Coberturas obrigatórias no seu seguro auto?

O seguro de responsabilidade civil tem as suas coberturas obrigatórias tabeladas por lei. Se procura apenas as coberturas básicas deverá optar pelo seguro com o preço mais baixo, na medida em que nestas coberturas os seguros são praticamente idênticos. Sim, poderá ter questões como o nível de serviço ou outros serviços e benefícios adicionais.

As coberturas obrigatórias são a garantia de indemnizações por danos pessoais ou matérias causados a terceiros bem como as pessoas transportadas no veículo (que não o condutor).

Pode contratar coberturas adicionais

Se quiser estar mesmo protegido das consequências de um acidente poderá contratar outras coberturas que não sendo obrigatórias podem fazer muito pela sua segurança financeira. Falamos, por exemplo, de:

  • Choque, colisão e capotamento;
  • Incêncio, raio e explosão;
  • Furto ou roubo;
  • Assistência em viagem
  • Quebra isolada de vidros (e não roubo, tenha atenção);
  • Seguro de bagagem;
  • Veículo de substituição;
  • Atos de vandalismo…

Será que tudo isto tem um custo?

Nem todas estas coberturas têm um custo. Algumas companhias têm estas coberturas como algo standard nas suas apólices. Outras têm um valor residual. Outras têm um custo maior. Tudo vai depender da probabilidade de ocorrência e do custo potencial.

Existe um seguro contra todos os riscos?

Não. Apesar de conhecermos de forma comum um seguro auto contra todos os riscos, tal é impossível. Não está correto. Os riscos cobertos são apenas aqueles que estão referidos na apólice de seguros, pelo que deve ler com atenção todas as coberturas e exclusões. De notar que o seguro dito contra todos os riscos assume o pagamento dos danos mesmo que o condutor seja o responsável pelo acidente.

Basicamente, e em linguagem comum, no Seguro Automóvel obrigatório, apenas danos e prejuízos causados a Terceiros estão cobertos, ao contrário que, o Seguro Automóvel com a cobertura Danos Próprios, estão também os prejuízos causados isoladamente ou a terceiros com responsabilidade do condutor no Acidente, ficando ambos os veículos cobertos pelo Seguro.

Fatores que Influenciam o Prémio do Seguro Auto

Apesar da obrigatoriedade da contratação de Seguro Automóvel por parte de todos os Proprietários de veículos a motor, o seguro não toma um preço ou prémio padrão para todos. Existem diversos fatores que influenciam o valor a pagar por tal seguro obrigatório, nomeadamente:

  • A seguradora onde está a contratar;
  • Os dados do veículo a segurar;
  • Dados do tomador de Seguro;
  • O tipo de coberturas a contratar;
  • A franquia e sobre esta, convém compreender que quanto maior menor o valor a pagar pelo Seguro;
  • Sistema Bónus/Malus.

Para baixar o prémio do seu seguro sugerimos SEMPRE que consulte diversas companhias de seguros. Em alternativa, poderá consultar um mediador ou corretor de seguros que faz o trabalho por si e não lhe cobra qualquer custo direto. Caso queira ver poupar dinheiro com os seus seguros não deixe de perceber o processo que utilizamos.

O que é a Franquia do Seguro Automóvel

Relativamente à Franquia, esta representa um montante fixo ou variável (percentual) do capital coberto pelo Seguro que o Tomador de Seguro terá que disponibilizar aquando de um sinistro. Isto é, o Tomador de Seguro é responsável por parte (franquia) do prejuízo. A Franquia só é aplicável nas coberturas de:

  • Choque, colisão ou capotamento;
  • Incêndio, raio ou explosão;
  • Fenómenos da Natureza;
  • Atos de Vandalismo;
  • Valor em novo em caso de Perda Total.

Sistema Bónus/Málus

Quanto ao sistema Bónus/ Málus, este só influencia o valor a pagar caso o Tomador de Seguro, esteja a contratar um Seguro em substituição do anterior para o mesmo veiculo. Assim sendo, o veiculo a segurar possui um histórico em termos de sinistralidade, que, caso exista poderá ocorrer em agravamento do Seguro a contratar (Malus), ou caso não exista sinistralidade, poderá induzir a uma bonificação no valor a pagar (Bónus), tendo uma poupança potencialmente significativa.

Contudo este Sistema, apenas é aplicável às seguintes coberturas:

  • Responsabilidade Civil;
  • Choque, colisão ou capotamento;
  • Incêndio, raio ou explosão.

Dúvidas frequentes relativas ao seguro automóvel

Deixamos de seguida algumas perguntas e respostas mais comuns sobre o seu seguro auto:

O que é a Proposta de Seguro?

A proposta de seguro é um documento através do qual uma pessoa expressa a sua vontade de celebrar um contrato de seguro.

Que documentos comprovam a existência de Seguro Automóvel?

Carta verde ou certificado internacional de seguro automóvel em Portugal, no estrangeiro e nos países aderentes à convenção.

O que deve fazer em caso de anulação do Seguro ou venda do veiculo segurado?

Deverá informar a sua companhia de seguros por escrito num prazo máximo de 24 horas.

Qual a duração de um contrato de Seguro Automóvel?

A duração normal de um contrato de seguro automóvel é de um ano com renovação automática, caso o tomador de seguro nada disser por escrito em contrário. Para prazo inferior a um ano este deverá constar na proposta de seguro e posteriormente na carta verde.

Em caso de sinistro com outro veiculo o que devo fazer?

Sempre que houver feridos mesmo que estes sejam ligeiros deverá ligar para o 112. Posteriormente e independentemente da responsabilidade do sinistro, deverá preencher a declaração amigável de acidente automóvel (d.a.a.a) que lhe foi fornecida pela seu seguradora.

Preencha todos os dados solicitados com o máximo rigor e submeta para a sua a seguradora, disponibilizando a cada condutor cópia da mesma.

Em caso de conflito deverá ligar para as autoridades locais, para esclarecimento e avaliação das responsabilidades.

SIMULE AQUI O PRÉMIO DO SEU SEGURO AUTOMÓVEL:

[contact-form-7 id=”14070″ title=”Formulário de Seguros”]

 



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá, sou o João, em que posso ajudar?

Outros