Como escolher um bom crédito habitação?

Crédito Poupar Dinheiro

Como escolher um bom crédito habitação?

2 min Partilhar 15 de Junho, 2021

Search
Generic filters
Exact matches only
Gerir dinheiro em casal

Decidiu-se pela compra de um imóvel e precisa de financiamento? A oferta de crédito habitação é muito vasta e pode ficar confuso sobre a melhor alternativa para o seu caso concreto. Neste artigo vamos analisar algumas variáveis que importa ter em consideração quando escolhe um crédito habitação.

Crédito Habitação, um compromisso para a vida

O ponto fundamental a ter em conta é que o crédito habitação é um compromisso para o longo prazo. É certo que podemos mudar de banco, podemos transferir o crédito para outro banco ou podemos vender o imóvel e liquidar o crédito. No entanto, nunca esqueça que o crédito habitação é o produto âncora dos bancos, que procuram deste modo “prender” os seus clientes numa relação comercial, onde lhe proporão diversos produtos e serviços. E onde lhe cobrarão comissões…

Não escolha o crédito, escolha o banco

Se o crédito habitação implica uma relação duradoura, ao escolher um crédito habitação estamos a escolher um banco. Assim, convém perceber um conjunto de fatores que irão marcar a sua vida nos próximos anos, nomeadamente:

  1. Credibilidade da instituição financeira e sua ética profissional (este último ponto não costuma ser muito analisado, mas acreditamos que deve ser fator fundamental de análise);
  2. Níveis de serviço e sua qualidade. Por exemplo, os bancos com menos balcões poderão não ser tão vantajosos para algumas operações do dia-a-dia que valoriza;
  3. Preçário e política comercial. Por exemplo, se o seu banco é conhecido por alterar constantemente o preçário, poderá fazer sentido afastar-se desse banco para não ter mais custos;

O spread não é importante?

Naturalmente que o spread é uma variável importante e que devemos procurar minimizar ao máximo. Na prática, estamos a negociar a margem de lucro do banco na sua componente de crédito. No entanto, não podemos esquecer que nos podem dar com uma mão e tirar com a outra… logo, é mais importante perceber a estrutura de custos de tudo o que nos é cobrado. Podemos ter um spread bom mas depois pagar muito pelo seguro de vida crédito, muitas comissões mensais ou termos de comprar produtos (tipo, um televisor ou algo do género?).

O spread é um fator crítico que induz más decisões. Aliás, chegamos a transferir créditos para outros bancos com spreads mais elevados mas poupando muitas dezenas de euros nos produtos associados. Porque a vida não se resume ao spread.

Como escolher o melhor crédito habitação?

Para o ajudar na decisão, temos uma análise comparativa dos melhores bancos para crédito habitação. É certo que é uma análise datada e que não inclui o nosso poder negocial para baixar os custos praticados. Por outro lado, se quiser analisar o seu caso concreto, bastará preencher o simulador de crédito habitação para uma análise personalizada e sem custo.



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro