Como ter um crédito mais barato e como é determinado o preço dos créditos?

0
297

Com certeza já ouviu falar em expressões como EURIBOR, Spread, Taxa Nominal, mas se lhe soam a chinês arcaico, este artigo é para si, uma vez que é importante que saibamos o que significam estas expressões e qual o seu impacto na sua vida.


Mas, primeiro, algo mais familiar: como é determinado o preço de uma cerveja?

É possível que goste de cerveja e que nunca se tenha perguntado como é determinado o preço de uma mini. Sim? Como em qualquer negócio, o preço é determinado pela soma de:

  • Custo de produção – Sejam custos fixos, sejam custos variáveis, são todos os custos que a empresa incorre para produzir uma garrafa;
  • Margem de lucro – Quem vende a cerveja não é a Santa Casa e precisa de ter lucro, que poderá utilizar para remunerar os seus acionistas e para investir no seu negócio.

Então, como é determinado o preço do seu crédito?

  • Cerveja – Crédito
  • Euros – taxas de juro
  • Custo de produção – EURIBOR
  • Margem de lucro – spread

Se no caso da cerveja falamos de Euros, no caso do crédito falamos de taxas de juro. Na prática, o custo de produção na banca é a EURIBOR (quanto custou ao banco o dinheiro usado para lhe emprestar) e a margem de lucro é o spread, que varia de acordo com o risco da operação. Créditos mais arriscados justificam taxas mais elevadas. Empréstimos com mais garantias serão mais baratos. Risco e retorno andam sempre de mãos dadas.

E onde é que entra, então, a TAEG?

TAN = EURIBOR + Spread

A taxa de juro do seu crédito é a soma da EURIBOR com o Spread. Quando contrata um crédito deverá ter em atenção:

  • A taxa de juro;
  • A TAEG (Taxa Anual Efetiva Global).

Esta última é a taxa que engloba todos os custos, encargos e comissões que estão associados a um empréstimo. Por exemplo, no caso de um crédito habitação terá as comissões habituais, os seguros e eventuais produtos que pode contratar para baixar o seu spread. Esta é a taxa que pode e deve usar para comparar diferentes alternativas pois, em muitos casos, “o barato sai caro”.

Como ter um crédito mais barato?

Para ter o crédito mais barato deve escolher a alternativa com a TAEG mais baixa. Para tal, deverá:

  1. Negociar o seu spread, oferecendo garantias
  2. Ponderar bem os produtos a contratar e o seu impacto no valor da prestação final.

Agora que possui toda esta informação e como a sabedoria é a sua melhor aliada na poupança, não deixe de simular a sua prestação de crédito pessoal multiusos no ActivoBank.

Avalie este artigo

DEIXE UMA RESPOSTA