SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

Leasing ou renting qual a melhor opção?

Orçamento Familiar

Leasing ou renting qual a melhor opção?

3 min Partilhar 7 de Outubro, 2022

Search
Generic filters
Exact matches only

Leasing ou renting são duas opções ao seu alcance se quer ter um carro novo. Claro que pode comprar um carro novo com o dinheiro que tem no banco ou com recurso ao crédito automóvel, mas existem outras opções já que o automóvel desvaloriza mal sai do stand.

Se recorrer a crédito automóvel o carro é seu, mas no leasing e no renting não

No caso de comprar o carro ou com o dinheiro que tem no banco) o carro é seu. Ou seja, tem a propriedade do carro e por isso o registo de propriedade do mesmo encontra-se em seu nome.

O carro também será seu se o comprar com recurso ao crédito automóvel, ou seja, será o seu nome que conta no registo de propriedade do veículo, mas neste caso pode existir ou não a a menção de que existe uma reserva de propriedade a favor da instituição financeira, tudo irá depender das garantias que der na contratação do crédito. No caso de existir reserva de propriedade não poderá vender o carro sem autorização da instituição de crédito.

Já no caso de recorrer a leasing ou renting a propriedade do carro pertence à instituição de financeira (locadora), que lhe cede a utilização temporária do automóvel.

Leasing e renting o que são e o que os distingue?

O leasing é uma modalidade de financiamento pela qual a entidade financeira, denominada de locadora, compra o carro e depois o arrenda por um período fixado em contrato mediante o pagamento de uma prestação mensal. No contrato consta o valor residual atribuído ao veiculo, ou seja o valor pelo que no final do contrato o pode adquirir. Mas mas também pode optar por não o comprar embora não seja habitual, já que depois de o comprar poderá, caso queira, vendê-lo.

O renting não é uma modalidade de financiamento é um aluguer operacional do carro que pretende usufruir. A locadora é a dona do carro, sendo que no final do contrato de renting não terá a possibilidade de o comprar.

A prestação mensal não engloba os mesmos custos nas duas opções

No leasing terá de pagar uma prestação mensal acordada no contrato que é fixada tendo em conta o valor do carro, o prazo do contrato e o valor residual. Para além da prestação conte que todos os restantes custos com o carro serão seus: seguro, IUC, manutenção e revisões.

Quanto ao renting a prestação mensal é fixada tendo em conta o modelo e marca do carro, o tempo do contrato e o número de quilómetros máximos que poderá fazer anualmente. A prestação inclui vários serviços e custos como o seguro, manutenção, revisões, substituição de pneus, veículo de substituição, IUC.  Ou seja, no caso do renting apenas terá de se preocupar com o pagamento da prestação mensal.

Note que o Banco de Portugal fixa trimestralmente as taxas máximas que as entidades locadoras podem  aplicar aos novos contratos.

Se quer vender o carro apenas no leasing o pode fazer 

No caso do leasing se quiser vender o carro, terá de pagar todas as prestações futuras (incluindo o valor residual). Após o pagamento, o carro passará a ser legalmente seu e poderá vendê-lo. No caso do renting não existe essa possibilidade já que o carro nunca será seu.

Os prazos dos contratos variam

Se optar pelo leasing saiba que pode negociar o prazo do contrato livremente, sendo que habitualmente variam entre 24 a 48 meses.

Quanto ao renting o prazo varia habitualmente entre os 12 e os 60 meses, mas, caso queira pode estendê-lo no final do contrato.

O número de quilómetros que pode fazer

Se optar pelo leasing não se preocupe. Pode fazer os quilómetros que quiser que não será penalizado por isso.

Mas o mesmo não se passa no renting. Ao fazer um contrato de renting terá de definir à partida o número máximo de quilómetros que pode fazer num ano. Mas note que esse número será tido em conta no valor da prestação que irá pagar. E no final do contrato se tiver feito mais quilómetros terá de pagar uma compensação adicional. Mas se tiver feito menos, será a locadora que o terá de reembolsar dos valores que pagou mensalmente a mais.

Como adquirir o carro no final do contrato

No caso do leasing, na altura de fazer o contrato irá definir um valor residual, ou seja, o valor pelo qual no final do contrato poderá comprar o carro. Habitualmente varia entre 2% a 4% do valor do automóvel.

No renting não existe essa possibilidade, o carro é da locadora não existindo a possibilidade de o comprar.

Leasing ou renting – qual a melhor opção?

Não existe uma resposta certa. A resposta depende de si, do seu orçamento e dos seus objetivos

  • Com o leasing terá um financiamento a 100% de um veículo pertencente a uma locadora, que lhe permite usufruir do carro sem a obrigação de o comprar. Apenas no final terá de decidir se o quer comprar ou não. No entanto ficam a seu cargo todas as despesas com o carro
  • Com o renting poderá usufruir de um carro pertencente a uma locadora, mas nunca o poderá adquirir. A prestação mensal será mais alta do que no leasing, por inclui todas as despesas inerentes a um carro, nomeadamente seguro, impostos e manutenção.

SIMULE SEM COMPROMISSO

2 anos
Declaro que aceito os Termos e Condições e a Políticas de Proteção de Dados. Aceito que os meus dados pessoais sejam processados pela Reorganiza no âmbito da atividade de concessão de Crédito e do respetivo Regime Jurídico.
Gostaria de receber a newsletter da Reorganiza no meu email.
Aceito ser contactado pela Reorganiza para aconselhamento em outras formas de poupança (Seguros e Produtos e Aforro).


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro