O que são Seguros de Capitalização

4
6927
ganhar dinheiro

Os seguros de capitalização são um produto cada vez mais procurado para a rentabilização das poupanças das famílias. Neste artigo falamos-lhe das características, potencialidades e riscos associados a este tipo de seguros financeiros.

O que são seguros de capitalização?

Um seguro de capitalização é uma aplicação financeira constituída em forma de seguro. Não é um seguro normal pois não se destina a proteger qualquer sinistro. Antes, são produtos financeiros destinados à constituição de poupanças, pensado no longo prazo (sendo que para tal dispõe de uma tributação bastante mais favorável do que os restantes produtos).

Garantia de capital

Os seguros de capitalização diferenciam-se de outro tipo de seguros financeiros – os seguros unit linked – pois tipicamente garantem o capital e uma taxa de retorno anual. Podem ainda conferir uma distribuição nos resultados da companhia de seguros, mas aqui falamos de um rendimento variável (que não pode ser negativo).

Noção de Seguros de Capitalização

Um Seguro de Capitalização é um contrato de seguro com os seguintes requisitos ou intervenientes:

  • Entidade Seguradora;
  • Tomador de Seguro, ou a entidade que celebra o contrato de seguro com a Entidade Seguradora;
  • Pessoa Segura, ou a pessoa no interesse do qual o contrato é celebrado;
  • Beneficiário, ou a Pessoa Singular ou Colectiva a favor de quem reverte a prestação da Entidade Seguradora decorrente do contrato de seguro;
  • Apólice, ou o conjunto de condições na qual é formalizado o contrato de seguro;
  • Acta Adicional, ou o documento que titula uma alteração à apólice;
  • Prémio, ou montante entregue pelo Tomador do Seguro por contrapartida das garantias do contrato

Fiscalidade dos Seguros de Capitalização

A tributação dos seguros de capitalização e dos demais produtos financeiros é definida todos os anos em orçamento de estado. Sendo produtos destinados à poupança para o longo prazo conferem uma tributação sobre os lucros que é muito mais favorável do que nos restantes produtos (com exceção dos PPR).

A taxa de imposto aplicável é variável tendo em conta o prazo corrido no investimento. É importante considerar que para a aplicação destas taxas pelo menos 35% do total investido tem de ter sido investido na primeira metade do contrato:

  • Prazo até 5 anos – 28% de tributação;
  • Entre 5 e um dia até 8 ano – 22,40% de tributação;
  • Mais de 8 anos e um dia – 11,20% de tributação.

Qual o risco de investir em seguros de capitalização?

Sendo produtos de capital e taxa de juro garantida o principal risco que corre ao investir nestes produtos é o risco de falência da instituição seguradora. Desde que a seguradora se mantenha a operar o seu dinheiro será devolvido nas condições acordadas inicialmente.

O facto de terem um risco teoricamente mais elevado e também o facto de serem pensados para o investimento para o longo prazo faz com que a remuneração associada aos seguros de capitalização seja superior às taxas praticadas em produtos alternativos, como por exemplo os depósitos a prazo. Atualmente é possível obter níveis de retorno superiores a 1%, quando a generalidade dos depósitos a prazo confere taxas muito perto de zero.

Existe algum fundo de garantia dos seguros?

Não existe um fundo de garantia de seguros. Na prática, quem aplica o seu dinheiro em depósitos a prazo tem um fundo de garantia de depósitos mas nos seguros o que garante o capital é o balanço da companhia de seguros. Mais uma vez, só perde dinheiro se a companhia de seguros for à falência (nos últimos anos vimos problemas com os bancos e não com as seguradoras).

Conclusão

Os seguros de capitalização são produtos com maior eficiência fiscal quando comparados com outros produtos da mesma categoria. Nos tempos que correm, uma das suas preocupações deverá ser a redução da sua fatura fiscal, utilizando as vantagens que a lei possibilita. Caso queira obter mais detalhes sobre os seguros de capitalização e para conhecer as soluções ao seu dispor, sugerimos que preencha o formulário da Reorganiza Seguros abaixo.

Avalie este artigo

4
Deixe um comentário

avatar
4 Comentar tópicos
0 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
0 Autores de comentários
Quais os tipos de seguros que existem?Porque Não Deve Fazer Depósitos a Prazo - ReorganizaObrigadinho BCE - Taxas de Juro em Queda - ReorganizaDepósitos a prazo a descer... E agora? | Reorganiza Autores recentes de comentários
  subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificação de
trackback
Depósitos a prazo a descer... E agora? | Reorganiza

[…] o que obriga as pessoas a procurar outras alternativas, como sendo os certificados de aforro ou os seguros de capitalização. Se pretende mesmo ter um depósito a prazo sugerimos que procure diversas alternativas e que […]

trackback
Obrigadinho BCE - Taxas de Juro em Queda - Reorganiza

[…] de Capitalização – Os seguros de capitalização são produtos financeiros em forma de seguro de vida que têm o grande atrativo de possuírem uma […]

trackback
Porque Não Deve Fazer Depósitos a Prazo - Reorganiza

[…] e/ou investir em produtos que sejam mais atrativos em termos fiscais. Neste contexto, falamos de seguros de capitalização, de planos poupança reforma ou outros fundos de investimento. Nunca se esqueça que quem não […]

trackback
Quais os tipos de seguros que existem?

[…] Dito isto, parece-nos cada vez mais evidente que uma sociedade mais desenvolvida deveria ter maiores cautelas relativamente aos riscos que correm. Em última análise, deveríamos ter mais cuidado com o aforro para o longo prazo e precaver-nos com seguros financeiros que nos ajudem a poupar para a reforma. […]