SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

Planear Reforma – O Que Não Consegue Prever

Investir Reforma

Planear Reforma – O Que Não Consegue Prever

3 min Partilhar 21 de Junho, 2022

Search
Generic filters
Exact matches only
planear a reforma

Planear a reforma é algo cada vez mais importante, se não mesmo urgente. Neste planeamento, deveremos procurar gerir o que é possível de gerir e ter cautelas quanto ao que não conseguimos prever. Neste artigo, vamos focar-nos nas variáveis que não conseguimos prever.

Taxa de retorno dos investimentos

Uma grande incógnita e que está muito associado ao risco é a taxa de retorno que iremos ter na nossa carteira de investimentos. Podemos ter aplicações com taxas garantidas, que como sabemos nos conferem taxas muito próximas de zero. Ou teremos aplicações com risco, na expetativa de obtermos maiores níveis de retorno. Se consideramos o investimento para o longo prazo, deveremos ter em carteira produtos sem capital garantido, de modo a captar o potencial dos mercados financeiros.

Quando consideramos horizontes temporais mais alargados, poderemos olhar para a história para nos guiar. Deste modo, pode considerar os seguintes níveis de retorno anual:

  • Ações – 8%
  • Obrigações de Governos – 2-3%
  • Obrigações de empresas – 4-5%.

Reforma da Segurança Social

Sabemos que as pensões de velhice da Segurança Social não serão o que nos prometeram, visto que o sistema é insustentável. Não significa isto que não teremos reformas do Estado, mas antes que deveremos ter um corte de benefícios e um aumento de contribuições. Não precisamos lamentar. Antes, temos de nos preparar para o impacto, considerando cenários conservadores. Por exemplo, assuma que a sua primeira pensão será no máximo 60% do seu último salário. Se estiver errado, melhor.

Taxa de inflação

Todos os simuladores de reforma consideram uma taxa de inflação que associam à subida das pensões, mas não alertam para que 1.000€ dentro de 20 anos não terem o mesmo poder de compra do que o mesmo dinheiro hoje. Considere nos seus cálculos que o seu dinheiro irá perder poder de compra, o que certamente dará um incentivo extra para reforçar o seu esforço de poupança.

Idade da Reforma

A alteração da fórmula de cálculo da idade da reforma faz com que esta seja variável, dependendo da esperança média de vida. Assim, tenha em mente que é provável que a sua idade de reforma venha a aumentar, pelo menos se não quiser ter penalizações.

Evolução dos salários

Outra incógnita é a evolução futura do seu salário. Não sabemos inclusivamente se teremos um salário no futuro. O que podemos considerar é o salário de hoje e uma eventual subida tendo por base a inflação. É certo que podemos ser promovidos ou mudar de emprego e ter um bom aumento. Mas também é certo que os grandes aumentos acontecem quando somos mais novos.

Esperança de vida

A esperança de vida ou o tempo que iremos viver é algo que não sabemos. É uma média para toda a população. Não sabemos se vamos viver muitos ou poucos anos, mas sabemos que se vivemos mais vamos ter de ter mais dinheiro para suprir as nossas necessidades.

Como planear a reforma

Como podem verificar existem variáveis difíceis de prever e de determinar. No entanto, a mensagem é muito clara. Temos de aumentar a nossa taxa de poupança para o curto prazo mas, também e mais difícil, para o longo prazo. Podemos negar as evidências mas isso apenas irá tornar mais difícil todo o esforço de poupança e de investimento. E a mensagem é simples:

  1. Comece a poupar o quanto antes;
  2. Assuma riscos
  3. Torne o processo todo automático.

Se precisar de apoio, teremos todo o gosto em ajudar. No entanto, talvez seja fundamental que em primeiro lugar ganhe a consciência de que tem mesmo de poupar para a reforma. Depois, será fácil escolher um bom PPR ou começar a investir.



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro