Poupança – O Dia Dos Zero Euros

Educação Financeira Finanças Pessoais Poupar Dinheiro

Poupança – O Dia Dos Zero Euros

2 min Partilhar 18 de Maio, 2017

Search
Generic filters
Exact matches only
Poupança

Está à procura de formas de poupar dinheiro e não tem mais imaginação? Quer reforçar as suas poupanças e precisa de cortar custos? Neste artigo apresentamos-lhe a Dica de Poupança do Dia dos Zero Euros. É simples e não custará assim tanto.

Onde Gasta O Seu Dinheiro Durante O Dia?

Antes de começar, sugerimos que pense rapidamente nas suas despesas típicas durante o dia. Possivelmente gasta dinheiro em cafés ou na papelaria. Talvez almoce fora. Enfim, temos diversas despesas que fazemos todos os dias, dependendo dos nossos hábitos. Assim, é importante ganhar a consciência das suas despesas e dos seus hábitos.

Ao identificar onde gasta o seu dinheiro está a fazer um orçamento familiar rudimentar. Se não tem esse hábito é um bom começo. Se já tem esse hábito já saberá onde gasta e onde poderá cortar para aumentar a saúde das suas finanças pessoais.

Defina Um Dia Dos Zero Euros

A dica de poupança faça por si. Sugerimos que defina um dia por semana onde se compromete a não gastar dinheiro. Naturalmente que tem de ir ao supermercado e abastecer o seu carro. Mas falamos aqui das outras despesas menos essenciais à sua vida. E ter um dia na semana onde cortamos tudo radicalmente. Deixamos de ir ao café. Trazemos o almoço de casa. Não compramos o jornal e consultamos o site online.

Se reparar, não dizemos para eliminar as despesas para sempre. Apenas sugerimos que as corte um dia por semana. Não fará tanta diferença na sua qualidade de vida e acaba por poupar bastante dinheiro. Se beber dois cafés por dia e almoçar fora, corta com esta dica talvez €8. Se a seguir uma vez por mês, já conseguiu poupar €32.

O Que Fazer À Poupança?

Depois de cortar estas despesas, poderá reforçar a sua conta poupança ou amortizar alguma dívida (por exemplo, cortar com o cartão de crédito e com isso reduzir ainda mais os seus custos). O bom de todo este processo é que é o leitor a decidir o que fazer ao dinheiro. Ganha a liberdade para decidir aquilo que é melhor para si…



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro