Seguro de bicicleta: vale a pena?

0
1117
seguro de bicileta

O seguro de bicicleta ainda não é obrigatório. Segundo o Presidente do Automóvel Clube de Portugal, deveria ser. De qualquer das maneiras, não sendo obrigatório, escrevemos este artigo com intuito de ajudar o leitor a analisar se necessita mesmo do seguro.

Há 3 tipos de seguro de bicicleta

Há três tipos de seguros de bicicleta com coberturas diferentes. Eles são acidentais, de transporte da bicicleta e de responsabilidade civil. Vamos considerar diferentes cenários para aconselhar a escolha de cada tipo de seguro.

Cenário de roubo ou queda durante o transporte

Nesta situação aconselha-se o seguro de transporte visto que cobre as consequências de um sinistro em que a bicicleta é roubada. De notar que o roubo de bicicletas tem crescido nos últimos anos. Este seguro também cobre as consequências da bicicleta se estragar no transporte, o que é mais improvável.

Mesmo que tenha um cadeado muito bom, sabemos que há muitos roubos em que só é roubada a roda de trás por exemplo. Se costuma deixar a bicicleta em lugares públicos este tipo de seguro vale a pena.

Cenário que afecta terceiros

Se é uma pessoa que pratica um desporto de bicicleta profissionalmente (ou se simplesmente costuma arriscar mais), deve ter o seguro de responsabilidade civil que cobre as despesas de danos causados a terceiros. É raro causar danos a terceiros, mas para alguns se calhar não é assim tão raro.

Cenário em que a própria pessoa se magoa

Tal como disse no último cenário, se é uma pessoa que pratica um desporto de bicicleta profissionalmente ou simplesmente costuma arriscar mais, o seguro de acidentes pessoais também se aplica a si, para além do seguro de responsabilidade civil.

Neste cenário, também deveria incluir o seguro de transporte se este incluir danos na bicicleta porque o seguro de acidentes pessoais não cobre os danos na bicicleta.

Um pacote útil para alguns no seguro de bicicleta

Basicamente, para um perfil em que a pessoa arrisca bastante, é aconselhado o pacote completo dos 3 seguros referidos. Isto assumindo que o seguro de transporte cobre os danos na bicicleta.

Pode escolher o pacote com as 3 hipóteses na maioria das seguradoras.

Opções especiais no seguro de bicicleta

Existem também opções especiais de seguro para seguro. Opções incluídas no seguro como não pagar a franquia ou ter a opção de escolher qual o serviço hospitalar podem pesar (ainda que ligeiramente) na escolha final de aderir ou não. Observe estas opções para poder decidir melhor.

Medir a decisão, condição e o risco

Como em todos os seguros só podemos dizer se vale a pena segundo o risco do cliente e o prémio de risco. De qualquer das formas, existem algumas condições que tornam o seguro mais necessário ou desnecessário.

Será, talvez, desnecessário para uma pessoa que apenas anda em ciclovias em vez de terra batida. Será mais necessário para quem comprou bicicletas muito valiosas, por exemplo.

Olhando para a credibilidade da empresa, avaliando as coberturas oferecidas, medindo a sua situação pessoal e outros factores que foram descritos, conseguirá concluir com mais acerto se se justifica o investimento.

A Reorganiza ajuda-o na mediação de seguros. Se pretende poupar mais e reduzir as suas prestações num seguro preencha o simulador do link da última frase

Avalie este artigo
COMPARTILHAR
Artigo anterior5 dicas para aproveitar as férias ainda que tenha uma dívida
Próximo artigoFintechs ou Bancos: quem oferece mais benefícios?
Luís Cavaleiro Ferreira
O Luís é uma das novas promessas do Grupo Reorganiza. Estudou no Colégio Militar onde desenvolveu o gosto pelo desporto e o seu carácter. Foi depois para a Universidade Católica e ainda passou pelo Seminário de Caparide. Tem um grande gosto por perceber a origem dos problemas e das suas soluções e o seu lado humano dá-lhe uma grande sensibilidade para os problemas das pessoas, que procura solucionar.

Deixe um comentário

avatar
  subscrever  
Notificação de