Costuma Andar De Mota E Tem Um Crédito Habitação?

0
581
Coberturas

Sabia que o facto de andar regularmente de mota o pode prejudicar no prémio do seu seguro de vida? E sabia que pode ter exclusões de coberturas se não se acautelar? Neste artigo vamos deixar alguns alertas e mostrar o que pode fazer para se proteger.

Atenção Às Coberturas

Os seguros de vida têm um conjunto de coberturas que estão espelhadas na apólice que assina. O lado “escuro” das coberturas são as exclusões. Em poucas palavras, se o seu seguro tiver a exclusão de acidentes em veículos de duas rodas… a seguradora não vai pagar a indemnização respetiva.

Nem Todos Os Seguros De Vida Têm Esta Exclusão

A verdade é que a oferta das companhias de seguros é muito distinta. É possível que a sua seguradora tenha a exclusão de acidente em veículos de duas rodas e ninguém o ter informado. Aliás, no momento da escritura costumamos olhar apenas para o spread e desconsideramos o prémio do seguro (que muitas vezes é o triplo do valor de mercado) e as coberturas associadas.

São várias as companhias de seguros que não dão qualquer agravamento a condutores de veículos de duas rodas. Daí que seja importante analisar as condições da sua apólice atual e comparar com a oferta de companhias mais agressivas neste produto. Aliás, o papel da Reorganiza Seguros é mesmo o de o aconselhar o melhor possível na escolha do seu seguro de vida associado ao crédito habitação.

O Que Fazer Se Tiver A Exclusão Na Sua Apólice De Vida?

Se contratou um seguro de vida habitação com a exclusão de condução em viaturas de duas rodas sugerimos que preencha o formulário abaixo. Será contactado para rever o seu seguro de vida, para acrescentar esta cobertura e também para perceber o potencial de poupança com a transferência do seu seguro de vida. O NÃO está garantido e como não tem qualquer custo, não perde nada em tentar


Simular

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCrédito Habitação – Melhor Banco para Crédito Habitação
Próximo artigoDicas Para Ajudar A Sua Família A Poupar
Iniciou a sua carreira no setor financeiro onde desempenhou funções de analista de ações e gestor de fundos de investimento. Especialização em mercados e ativos financeiros no ISCTE e uma pós-graduação em Análise Financeira no ISEG, curso que lhe conferiu o Certificado Europeu de Analista Financeiro. Fundou a Escola de Finanças Pessoais – sendo co-autor de seis livros nesta temática (Manual das Finanças Pessoais, Manual da Poupança, Como Acabar com as Dívidas Pessoais e Familiares, O meu primeiro livro de Finanças Pessoais e Como ensinar o meu filho a poupar, Viva uma Reforma Feliz). Através da Escola de Finanças Pessoais já formou mais de 5.000 colaboradores de empresas nacionais e internacionais. Tendo sido Diretor-Comercial na DignusCapital, decide criar o seu projeto próprio na área da renegociação e intermediação de crédito, fundando a Reorganiza, empresa onde trabalha atualmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

*

code