Como garantir a aprovação do seu crédito habitação?

Crédito

Como garantir a aprovação do seu crédito habitação?

3 min Partilhar 6 de Janeiro, 2021

Search
Generic filters
Exact matches only
taxa fixa crédito habitação

Muitas pessoas estão a aguardar uma eventual queda do preço das casas para se lançarem nesta aventura da compra da sua habitação própria permanente. Outras têm mais dificuldade na aprovação do seu crédito por qualquer motivo. O certo é que a compra de uma casa envolve, maioria das vezes, a contratação de um crédito habitação. Neste artigo vamos falar-lhe de como poderá aumentar a probabilidade de ver o seu crédito habitação aprovado.

Quando comprar a casa?

Antes de avançarmos gostaria de focar num tema que tem vindo a ser popular. Aparentemente, há muita gente à espera do fim das moratórias para avançar com a compra de uma casa, na medida em que esperam que os preços venham a cair. Isso talvez possa acontecer, apesar de ainda não termos muitos sinais que apontem nesse sentido. Mas já reparou que se vier alguma crise económica também ficará mais cara a contratação de um novo crédito habitação? Ou ficará mais difícil a aprovação desse mesmo crédito?

Como sempre defendemos, o preço das casas em Portugal está associado à disponibilização de crédito habitação. Se reparar, tendemos a avaliar uma casa não peço preço de compra mas pelo montante da prestação mensal. O que interessa é pagarmos €400 ou €600 pela casa, esquecendo muitas vezes que a prestação poderá subir no futuro com a subida das taxas de juros que, como sabemos, estão em níveis muito baixos.

As vantagens da taxa fixa no crédito habitação

Como referimos acima, tendemos a preferir a compra de casa com recurso a taxas de juro variáveis. Ou seja, a prestação é calculada tendo em consideração o prazo mas também a soma da taxa EURIBOR (variável) com o spread contratado (fixo ao longo do contrato) e demais custos associados (como o seguro de vida, seguro multirriscos ou outros pequenos grandes custos). Sabemos, também, que as taxas de curto prazo são mais baixas do que as taxas de longo prazo. Logo, contratar um crédito com taxa EURIBOR a 12 meses implica que a taxa de juro para os primeiros 12 meses seja inferior a 1%, ao passo que uma taxa a 30 anos já nos se fixa perto de 1.4% ou 1.5%.

É certo que no curto prazo pagamos menos alguns euros todos os meses pelo nosso crédito habitação, ao contratarmos um crédito a taxa variável estamos dependentes da evolução das taxas de juro. Ou seja, temos uma grande incerteza no nosso orçamento familiar, o que poderá ser interessante eliminar com uma taxa de juro para um prazo alargado (defendemos a vantagem das taxas fixas para prazos longos pois é no longo prazo que captamos este benefício).

A vantagem escondida da taxa fixa…

Agora apresentamos uma vantagem escondida dos créditos a taxa fixa. Os bancos, ao analisarem o seu pedido de crédito habitação, fazem um cálculo da sua taxa de esforço. Como sabe, a taxa de esforço é a relação entre os custos com créditos e o rendimento líquido do seu agregado. No entanto, por questões de prudência, fazem o cálculo para um cenário em que as taxas EURIBOR aumentam para 2% ou mesmo 3%, acrescendo-se ainda o spread a contratar. Logo, para situações em que poderá existir alguma dificuldade na sua taxa de esforço, a taxa fixa pode ser a solução, pois aí a análise de risco apenas se foca no valor desta taxa fixo e não na hipotética subida das taxas de mercado.

Como saber a melhor solução para o seu caso?

Em todo e qualquer caso, acreditamos que a melhor solução de crédito habitação passa por analisar diferentes alternativas ao seu dispor. Por vezes, poderá ser a taxa fixa. Outras, poderá ser a taxa variável. Tudo dependerá dos seus objetivos, da realidade da sua vida e também da forma como o seu crédito é negociado junto dos vários bancos. Daí, sugerimos que preencha o simulador de crédito habitação para ter uma análise gratuita à sua situação, seja para aquisição seja para transferir o seu crédito atual.

SIMULE SEM COMPROMISSO

50 000€
50 000€
2 anos
0€


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá, sou o João, em que posso ajudar?

Outros