Conheça o Seu Perfil de Investidor

Investir

Conheça o Seu Perfil de Investidor

2 min Partilhar 16 de Maio, 2016

Search
Generic filters
Exact matches only
Logo Destak

Quase sempre no final do mês ficamos com a sensação que era ótimo o dinheiro poder esticar. Infelizmente isso não acontece. É verdade que não estica, mas pode render mais. Para conseguir pôr o seu dinheiro a render mais vai ter de se preparar para assumir algum risco. É esta a lógica do mercado e não vale a pena sonhar com uma realidade diferente. Neste artigo iremos falar-lhe dos vários perfis de risco e das suas implicações para a sua carteira.

 

Risco e Retorno – Nunca Se Esqueça de Que Estão Ligados

O retorno e o risco estão correlacionados. Se ambiciona maiores retornos terá de estar sujeito a maiores riscos. Quem se esquece desta máxima acaba às portas dos balcões e a manifestar-se porque “foi enganado”.

Podemos assumir que há 3 perfis de investidores: conservador, moderado e agressivo. No entanto, é importante referir que o perfil de investidor não só é diferente de pessoa para pessoa, como o próprio pode (e vai!) mudar de perfil ao longo da vida. Se é daquelas pessoas que prefere a tranquilidade à rentabilidade, então é melhor conhecer a oferta de Depósitos a Prazo, certificados de aforro e produtos de capital garantido, pois é claramente conservador. Neste caso, a rentabilidade dos produtos financeiras é capaz de nem ser superior à inflação.

E Que Produtos Para Ganhar Dinheiro?

Se reage bem a ligeiras alterações do valor da carteira (subidas e descidas), no entanto limita o risco com estratégias de diversificação do investimento, então é do perfil moderado. Por último, o perfil de investidor agressivo é alguém que pode vir a ter elevados retornos, mas sujeita-se a produtos com grande exposição ao risco. Este tipo de perfil parece muito apelativo e “hollywoodesco”, mas não é claramente para todos e sobretudo não é para amadores.

Quem pretende ganhar dinheiro a sério nos mercados financeiros tem de assumir riscos. Tem de procurar produtos como os fundos de investimento, as ações e outros que tais. Sugerimos, contudo, que não entre nas modas dos produtos estruturados pois são um sorvedouro de comissões…

Infelizmente ainda ouvimos expressões como “jogar na bolsa”, como se se referissem a um casino. Na bolsa não se joga. Investe-se. E para investir com maior risco tem de ter conhecimentos e um determinado perfil que não é para todos.

Nota: Artigo adaptado de crónica no Jornal Destak

 



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro