Consolidar Créditos | 3 Dicas para Depois

Crédito Poupar Dinheiro

Consolidar Créditos | 3 Dicas para Depois

2 min Partilhar 10 de Novembro, 2014

Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
consolidar créditos

Depois de passar pelo processo de consolidação de créditos irá ter uma poupança mensal significativa. As nossas soluções de crédito consolidado permitem uma poupança superior a 30% todos os meses. O problema está no pós-consolidação. O que fazer e que cuidados a ter depois de consolidar os seus créditos?

1 – Resista às Tentações

Regra geral, a consolidação surge devido ao excesso de créditos que provocam um encargo mensal financeiro que no seu total excede em muito a taxa de esforço do agregado familiar.

Também é verdade, que existem outros motivos para consolidar créditos, como por exemplo, desemprego de um dos elementos do agregado familiar ou até necessidades de cuidados de saúde. No entanto, é mais comum devido ao excesso de créditos, principalmente, crédito pessoal.

Após a consolidação de créditos surgem tempos de bonança no agregado familiar. O “dinheiro extra” gerado pela poupança com a consolidação de créditos permite que as famílias renovem os seus hábitos de consumo e comecem a planear novos projetos, onde o recurso ao crédito é inevitável.

Este é um dos grandes problemas da consolidação de créditos e é o momento onde as famílias decidem se querem possuir alguma liberdade financeira ou se, no médio prazo, irão entregar todos os seus bens ao banco.

Assim, resista à tentação de pedir mais crédito depois da consolidação, pois estará a esgotar todas as possibilidades de controlo das suas finanças pessoais e familiares.

2 – Aproveite para Poupar Dinheiro

Se consegui baixar o seu encargo financeiro mensal em mais de 30%, porque não aproveitar esses 30% e começar a poupar dinheiro.

Ao poupar não só estará assegurar a estabilidade financeira do seu agregado familiar como também está a contribuir para rendimentos adicionais com o juros dessas poupanças.

Imagine que consegui baixar o seu encargo mensal com prestações em mais de €400 mensais. Logo, se optar por guardar apenas 50% dessa poupança, ou seja €200, conseguirá poupar €2.400 por ano.

Para embelezar um pouco mais, se a sua consolidação for por 20 anos e durante esse período conseguir poupar €200 por mês a uma taxa de 3% ao ano, terá no final do prazo mais de €65.000. Se quiser simular quanto pode poupar sugerimos que consulte o nosso simulador de poupança e investimentos.

3 – Amortize Antecipadamente os Seus Créditos

Uma das vantagens da consolidação é que permite uma folga mensal para poupar dinheiro com vista à amortização do crédito consolidado. Arrisco-me mesmo a dizer que é possível ganhar dinheiro ao consolidar créditos.

É possível que com a consolidação o seu crédito pague mais juros em termos globais uma vez que o prazo poderá ser maior do que na situação original. No entanto, uma forma de amenizar os juros globais que vai suportar é aproveitar a poupança mensal e efetuar amortizações anuais ao seu crédito consolidado.



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá, sou o João, em que posso ajudar?

Outros