SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

Despesas que não deve pagar com cartão de crédito

Educação Financeira Finanças Pessoais Literacia Financeira

Despesas que não deve pagar com cartão de crédito

4 min Partilhar 11 de Novembro, 2022

Search
Generic filters
Exact matches only

A utilização do cartão de crédito entrou no dia a dia de muitos portugueses, sendo por vezes um gesto normal ao fazer compras, mas tome nota que existem despesas que não deve pagar com cartão de crédito.

Repetimos inúmeras vezes que uma das boa regra da gestão das finanças pessoais é nunca gastar mais do que o rendimento disponível. Dito de outra maneira nunca deve gastar mais durante o mês do que os rendimentos que obteve nesse mês. Só assim poderá não entrar em incumprimento ou aumentar o seu endividamento. E é aqui que entra o nosso conselho em evitar o uso do cartão de crédito e a proibição de o usar nalgumas despesas.

Porque deve evitar usar o cartão de crédito

Se uma das regras da boa gestão das suas finanças é o de não gastar mais do que o que ganhou nesse mês, então a conclusão mais imediata é que não deve usar o seu cartão de crédito sempre que vai às compras.

Estará a aumentar as despesas do mês seguinte

A razão é simples. Ao fazer uma compra com o cartão de crédito, como por exemplo aquela saia que viu em promoção com um preço fantástico, não está a gastar do dinheiro do mês. Estará a gastar do rendimento do mês seguinte já que o pagamento só acontecerá nessa altura (a menos que coloque logo o dinheiro de lado, mas sejamos sinceros tem o hábito de o fazer?)

Assim ao usar o cartão de crédito apenas estará a aumentar as suas despesas no mês seguinte.

Poderá ter de pagar juros

Mas ainda poderá ser pior, se não tiver a opção de pagamento do saldo em dívida do seu cartão a 100%. De facto, ao deixar para o mês seguinte parte do pagamento do que gastou, sobre o montante em dívida irá pagar juros.

O Banco de Portugal divulga trimestralmente as taxas máximas a aplicar ao saldo em dívida do cartão de crédito (aqui), mas esta apenas se aplica a novos cartões. O seu até pode ter uma taxa mais alta. Veja o seu extrato e confira a taxa de juro que estará a pagar se não pagar a totalidade do saldo em dívida do seu cartão. É mais uma razão para deixar de usar o cartão de crédito

As despesas que nunca deve pagar com cartão de crédito

Usar o cartão de crédito quando vamos às compras, utilizá-lo quando o dinheiro não chegou até o final do mês ou quando queremos fazer uma compra de valor mais avultado já faz parte do nosso dia a dia.

Mas apesar de até podermos fazer a sua utilização de forma racional e pontual e pagando o saldo a 100% poderemos estar a incorrer em custos desnecessários. Assim, existem despesas que nunca devemos pagar com o cartão de crédito.

Levantar dinheiro com o cartão de crédito

Se precisa de dinheiro e tem um cartão de crédito a tentação será a de ir a uma caixa multibanco e usá-lo para levantar o que precisa.

Ao fazê-lo estará a fazer uma operação denominada “cash-advance” sobre a qual os bancos cobram uma comissão composta por duas partes: um valor fixo independentemente do valor que levantar e uma percentagem sobre esse mesmo valor.

Vejamos um exemplo: se a comissão de cash-advance do seu banco for de 4,00€ + 4%, se utilizar o seu cartão de crédito para levantar 20€ o montante em dívida no seu cartão de crédito não será só de 20,00€, será de 24,80€ (20,00€ + 4,00€ + 20,00€x4% = 24,80€).

Ou seja, irá pagar bastante mais do que levantou. Por isso não faça nunca levantamento de numerário com o seu cartão de crédito.

Pagar prestações de créditos

Se tem uma prestação de um empréstimo que não consegue pagar, não use o cartão de crédito para o fazer.

Teria de fazer cash-advance (cujo custo já vimos que seria elevado) e de certeza que não conseguiria fazer o pagamento integral no mês seguinte. Assim, iria pagar juros sobre o montante em dívida muito mais altos do que os juros do próprio crédito. Se pensa que vai entrar em incumprimento fale com a instituição financeira para renegociar o seu crédito.

Pagar Impostos

Aqui a razão é a mesma. Atenção ao custo se não pagar no mês seguinte a totalidade do montante em dívida.

Entre em contacto com a Autoridade Tributária e opte por um recorrer a dos planos de pagamentos disponíveis.

Pagar dívidas de outro cartão

Ter mais do que um cartão de crédito, não é seguramente uma boa opção, mas pagar as dívidas de um com o outro então está mesmo proibido.

Se tem dívidas num cartão de crédito, pondere recorrer à contração de um crédito para pagar a totalidade da dívida. Recorra a um intermediário financeiro que lhe encontrará a olhar solução.

E claro deixe de imediato de usar o cartão, sob pena de estar a agravar a sua situação financeira.

Tome nota que se tem uma dívida elevada no seu cartão de crédito, existem maneiras se acabar com essa dívida.

Não use o cartão de crédito em compras online em sites poucos seguros

Aqui não tem a ver com os custos em que pode incorrer, mas é muito mais do que isso.

Ao usar ao seu cartão de crédito em sites pouco seguros poderá estar a facilitar a sua clonagem e utilização fraudulenta.

Tenha atenção, em compras online, verifique sempre se está num site seguro (https://).  E para sua maior segurança confira regularmente os movimentos no seu cartão. Se verificar algum que não identifique informe de imediato a entidade emissora do cartão. O cartão será de imediato cancelado.

SIMULE SEM COMPROMISSO

2 anos
Declaro que aceito os Termos e Condições e a Políticas de Proteção de Dados. Aceito que os meus dados pessoais sejam processados pela Reorganiza no âmbito da atividade de concessão de Crédito e do respetivo Regime Jurídico.
Gostaria de receber a newsletter da Reorganiza no meu email.
Aceito ser contactado pela Reorganiza para aconselhamento em outras formas de poupança (Seguros e Produtos e Aforro).


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro