Dificuldades em Pagar os Créditos

Crédito

Dificuldades em Pagar os Créditos

3 min Partilhar 7 de Agosto, 2012

Search
Generic filters
Exact matches only
dificuldade em pagar créditos

Estamos todos a atravessar um período de dificuldades tanto para acesso ao crédito como para gestão pessoal do crédito. A instabilidade económica tem pressionado a economia levando esta a registar indicadores completamente desfavoráveis e penalizadores do crescimento económico e social.

Muitas são as famílias que encontram pela primeira vez dificuldades em honrar todos os seus compromissos, nomeadamente, os compromissos relacionados com créditos, independentemente da tipologia do mesmo. O certo é que quando tal momento surge nas suas vidas financeiras o mundo parece desabar de um momento para o outro tornando pesado o fardo do incumprimento e difícil a possibilidade de resolução.

Também é certo que os bancos não pretendem que os seus clientes entrem em incumprimento como também não pretendem deixar de receber o capital que emprestaram acrescido dos respectivos juros e encargos contratualmente previstos e acordados. Se se encontra numa situação de potencial incumprimento e/ou se verifica que o dinheiro que aufere mensalmente não é suficiente para cumprir com todas as suas responsabilidades então o melhor caminho e decisão a tomar é antecipar o incumprimento ou assumi-lo tomando medidas para o combater.

Conheça Todos os Seus Encargos Mensais

O seu desafio mensal é cumprir com todas as suas obrigações financeiras mensais mas também com as suas obrigações pessoais e familiares. Assim sendo é necessário encontrar um equilíbrio entre estes dois pólos financeiros.

A melhor forma é saber exatamente para onde vai o seu dinheiro e quais as razões para tal. Inicie a sua jornada pela recolha de todos os documentos financeiros e não financeiros que reportam um mês completo do seu orçamento familiar e verifique cada despesa e encargo que possui.

Organize os seus encargos por categorias e por tipo de despesa, como por exemplo, despesas fixas, variáveis e extraordinárias respeitantes a alimentação, créditos, habitação, automóveis, entre outros. O objectivo é compreender qual a verdadeira dimensão das suas responsabilidades e verificar a obrigatoriedade de as possuir. Avaliar se não é possível reduzir e ganhar margem financeira para o futuro.

Conheça os Seus Rendimentos Mensais

De nada vale saber tudo sobre os seus encargos se não conhecer claramente quais as suas fontes de rendimento. De onde vem o seu dinheiro e qual a regularidade do mesmo? Por exemplo, se apenas aufere o salário mensal será este suficiente? Terá este estabilidade no médio prazo? Existe risco de o deixar de receber?

Uma avaliação e previsão das suas fontes de rendimento permitirá que planeie o seu futuro financeiro e lhe dará ferramentas para combater potenciais riscos de incumprimento de crédito.

Do mesmo modo permitirá criar uma estrutura de crédito que poderá apresentar aos bancos para negociação da sua situação de crédito. Por exemplo, se o seu crédito automóvel lhe consome 40% dos seus rendimentos mensais e existe risco de não cumprir com todas as responsabilidades futuras, apresentar tal panorama ao banco solicitando uma solução que o permita cumprir poderá ser a melhor ferramenta de negociação que possui.

Analise a Sua Situação Líquida

Quanto sobra todos os meses de todo o dinheiro que aufere? Existe oportunidade de aumentar tal sobra? Como pensa em aplicar essa sobra?

São perguntas que deve colocar, principalmente se se encontra numa posição de potencial sobreendividamento, ou seja, se os seus rendimentos não são suficientes para cobrir todas as suas responsabilidades.

Desperte a sua vida e assuma como objectivo aumentar a sua situação liquida. O perfeito conhecimento da sua situação liquida e das causas que permitiram que esta não fosse positiva é um indicador de peso para negociar eventuais alterações contratuais aos seus créditos.

O que poderá um banco dizer perante um cliente com uma situação liquida negativa devidamente justificada e optimizada, senão renegociar os encargos dos créditos ou aguardar o incumprimento.

Não existe uma meia medida, ou o banco aceita a renegociação e mantem o crédito em cumprimento ou arranca para o incumprimento e arrisca-se a suportar custos desnecessários judicialmente.

Contacte Todos os Seus Credores

Com os trabalhos de casa efectuados é hora de contactar os seus credores e procurar renegociar os seus créditos. Não esconda qualquer elemento. Seja claro da necessidade de os renegociar e transparente na vontade de manter os níveis de cumprimento existentes ou em regularizar o incumprimento que possui.

Peça Ajuda

Existem diversos meios que o podem ajudar a reduzir o peso do encargo com os créditos no seu orçamento mensal. Uma forma muito conhecida é a consolidação de crédito que permite a todos que possuem dificuldades financeiras em agrupar os seus créditos com vista à redução do peso mensal dos créditos.

Um alerta que não nos cansamos de repetir. Se pedir ajuda não pague pelo diagnóstico e não acredite na pré-aprovação de processos online. Por exemplo, as nossas consultas de diagnóstico financeiro são completamente gratuitas e são o suficiente para conhecer a real extensão dos problemas.



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro