Poupar Dinheiro no Natal?

Orçamento Familiar Poupar Dinheiro

Poupar Dinheiro no Natal?

2 min Partilhar 24 de Novembro, 2019

Search
Generic filters
Exact matches only
Dicas de Poupança

O Natal está à porta. Para muitos uma celebração religiosa. Para outros tantos apenas um momento festivo. O certo é que o Natal é vivido pela generalidade das pessoas como um período de união familiar muito intenso. Neste sentido, importa talvez retirar algumas conclusões sobre o consumo e sobre o que é realmente importante nesta quadra festiva, reflexão essencial para poupar dinheiro.

O Natal deve ser um Momento de Consumo?

Infelizmente, a época festiva familiar que era o Natal tem-se transformado cada vez mais num período de grande consumismo. É certo que não há mal nenhum em presentearmos algumas pessoas próximas com algum mimo ou recordação especial. Aliás, é até saudável. No entanto, vemos que a febre do Marketing agressivo tem-se traduzido cada vez mais num impulso ao consumo. É agora necessário dar presentes a todas as pessoas, desde os amigos aos colegas de trabalho. Será que faz sentido?

O Que é Importante na Vida?

Podemos colocar-nos esta questão. Aliás, a altura natalícia e a passagem de ano são utilizamos por muitas pessoas como períodos de grande reflexão. E nesta altura, podemos sempre pensar sobre o que é importante nas nossas vidas e o que não precisamos ou que podemos facilmente deixar para trás. E se repararmos, uma análise cuidada irá levar-nos a concluir que atribuímos importância a muita coisa que tem mesmo muito pouco importância. E o mais extraordinário é que estas coisas acabam por pesar bastante nos nossos orçamentos familiar, levando-nos mesmo a pedir crédito ou a eliminar as nossas poupanças sem sentido.

A Quem devo dar Presentes neste Natal?

É certo que cada pessoa é que sabe a resposta a esta pergunta. Cada um de nós tem as suas amizades. A sua família. As suas prioridades. No entanto, podemos fazer esta reflexão em família. Por exemplo, na minha família (somos 7 irmãos e temos 20 sobrinhos) decidimos cortar os presentes. Fazemos o “irmão secreto” que agora já conta com os cunhados e os tios não são forçados a dar presentes também a todos os sobrinhos. Aproveitamos assim para escolher um presente melhor para uma pessoa quando antes dávamos muitas bugigangas a muita gente.

Outra ideia passa por fazermos alguns presentes, o que é também uma oportunidade para ensinarmos os nossos filhos a poupar. Assim, podemos fazer compotas ou biscoitos para dar a algum tio ou pessoa de cerimónia. As pessoas mais velhas valorizam bastante este gesto e acaba por ter mais significado do que muitos outros produtos comprados.

Reorganiza – As Suas Finanças Em Boas Mãos



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá, sou o João, em que posso ajudar?

Outros