Seguro de Vida – Dica de Ouro para Quem Liquidou um Crédito Bancário

0
2907
Seguro

Escrevemos este artigo a pensar em todas as pessoas que liquidaram recentemente um crédito num banco tradicional. Vamos mostrar-lhe como vai conseguir poupar muito dinheiro sem grande esforço. Não acredita?

Contratou um Crédito

Esta dica é válida quer tenha feito um crédito pessoal ou um crédito consolidado. Não funciona para quem fez um crédito habitação pois as práticas neste produto são muito diferentes dos restantes (e são mais reguladas e padronizadas).

Fez um Seguro De Vida (Ou Mais)

Alguns bancos decidem financiar os prémios de seguros antecipadamente. Por exemplo, se ao longo de um crédito pessoal o prémio do seguro de vida for €3.000, o banco poderá financiar este montante no crédito inicial, com a diferença de não cobrar juros sobre este valor (mas vai ter de pagar os impostos respetivos).

Liquidou o Crédito Antecipadamente

Imagine agora que liquidou o seu crédito pessoal ou crédito consolidado antecipadamente. O que aconteceu ao seu seguro de vida? Ou ao seguro de proteção ao crédito que fez no momento inicial? Pois é… com grande probabilidade não se lembra de ter pago todo o prémio do seguro (ou dos seguros) no momento inicial. E não vai ser o banco a lembrá-lo disso… Talvez faça sentido conhecer como otimizar e poupar na sua carteira de seguros.

Se já não precisa de ter este seguro (pois já não tem o crédito respetivo) deverá exigir que lhe façam o estorno do valor do prémio do seguro do tempo que falta. Por exemplo, se num crédito pessoal a 8 anos ainda lhe faltam 4 anos para o fim do prazo, poderá ter algumas centenas largas (se não poucos milhares) de euros para receber de volta.

Pode Mesmo Assim Manter o Seguro de Vida

Se quiser manter o seu seguro de vida ativo poderá fazê-lo. No entanto, se a sua preocupação for estar segurado talvez faça mais sentido pedir que lhe devolvam todo o dinheiro do prémio pago antecipadamente e fazer um novo seguro de vida (ou de proteção ao emprego) numa outra companhia de seguros. Ou utilizar esse dinheiro para fazer uma conta poupança e acumular alguns juros?

A Vida é Injusta?

Talvez. Mas que esta dica sirva de alerta para a necessidade de controlar todas as suas contas e de ler todos os contratos. É possível que o seu gestor de conta o recorde deste campo para poupar dinheiro, mas o mais provável é que também não se recorde (ou não queira recordar-se).

O Crédito Consolidado Fica Agora Mais Interessante

Se está a consolidar créditos feitos no passado em alguma instituição financeira com a prática acima mencionada (recordamos que não são todas assim) saiba que não só irá poupar dinheiro com as suas prestações de crédito como irá libertar alguma liquidez adicional. Talvez para amortizar mais rapidamente algum dos créditos. Talvez para gastar. Ou talvez para colocar o dinheiro numa conta poupança para uma qualquer eventualidade.

O Que Vai Fazer Com Esta Dica De Poupança?

Por que não começar já hoje a poupar dinheiro? Basta preencher o formulário de seguro de vida para que os nossos corretores lhe apresentem uma simulação para o seu caso concreto. Tratam de toda a burocracia por si, pelo que tem apenas de se dedicar a poupar dinheiro sem esforço. Simples?

Nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu Telemóvel (obrigatório)

Data de Nascimento da Pessoa Segura (obrigatório)

Montante Total em Dívida (obrigatório)

Spread Do Crédito Habitação (obrigatório)

Ao Inserir os seus dados concorda com os nossos termos e condições e política de privacidade.

Avalie este artigo
COMPARTILHAR
Artigo anterior5 Dicas de Poupança Em Casa
Próximo artigoComo Fazer Transferências Imediatas e Sem Custos?
Iniciou a sua carreira no setor financeiro onde desempenhou funções de analista de ações e gestor de fundos de investimento. Especialização em mercados e ativos financeiros no ISCTE e uma pós-graduação em Análise Financeira no ISEG, curso que lhe conferiu o Certificado Europeu de Analista Financeiro. Fundou a Escola de Finanças Pessoais – sendo co-autor de seis livros nesta temática (Manual das Finanças Pessoais, Manual da Poupança, Como Acabar com as Dívidas Pessoais e Familiares, O meu primeiro livro de Finanças Pessoais e Como ensinar o meu filho a poupar, Viva uma Reforma Feliz). Através da Escola de Finanças Pessoais já formou mais de 5.000 colaboradores de empresas nacionais e internacionais. Tendo sido Diretor-Comercial na DignusCapital, decide criar o seu projeto próprio na área da renegociação e intermediação de crédito, fundando a Reorganiza, empresa onde trabalha atualmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

*

code