Taxa de Esforço no Crédito Habitação – Dicas para Negociar

6
8065
habitacao

Já ouviu falar da taxa de esforço e queria compreender melhor este conceito? Ou tem já uma taxa de esforço elevada e precisa de a reduzir? Neste artigo vamos ajudar a dar uma resposta a esta e outras questões.

Os juros pesam bastante na sua prestação. Em momentos de taxas de juro baixas, o peso dos juros na prestação baixam. No entanto, quando das taxas de juro começam a subir o encargo também se torna penalizador.

Como é determinada a prestação do crédito?

Antes de abordarmos o tema da taxa de esforço, convém perceber que o valor da prestação do crédito afeta diretamente esta taxa. Assim, é fundamental perceber que a prestação inclui:

  • Amortização de Capital – Que depende em grande parte do prazo contratado;
  • Pagamento de juros – Que será tanto maior quanto maior a taxa de juro.

Para conseguir baixar o valor dos juros a pagar, poderá ser vantajoso perceber como pode baixar a taxa de juro. E isso implica muita negociação.

Sabe Qual é a Sua Taxa de Esforço?

A taxa de esforço representa o peso de uma prestação no rendimento médio mensal do Agregado Familiar. Os bancos analisam ao pormenor a taxa de esforço do cliente desenvolvendo fórmulas matemáticas que permitem apurar tal taxa com base não só no rendimento disponível do agregado familiar, como também incorporando todas as prestações com créditos existentes e determinados custos fixos.

Considera-se que uma taxa de esforço entre 40 e 60% é um bom indicador para decisão de um determinado crédito, desde que todos os encargos sejam considerados.

Como Calcular a Sua Taxa de Esforço para o Crédito Habitação?

  • Identificar as prestações que possui;
  • Identificar custos fixos, como por exemplo, Água, luz, etc;
  • Identificar o seu rendimento anual líquido (Multiplique por 12 o seu rendimento liquido mensal);
  • Identificar a prestação do novo empréstimo;
  • Outros encargos que considere relevantes.

Identificados os itens anteriores deverá somar todos os custos fixos e prestações existentes e a prestação futura do seu crédito habitação. Apurado o resultado, divida pelo Rendimento Mensal liquido. Para facilitar o seu trabalho, poderá consultar o nosso simulador de taxa de esforço.

Interpretando as Taxas de Esforço

Taxa de Esforço até 40%

Reúne todas as condições para junto do seu banco solicitar uma revisão do spread pois possui uma capacidade financeira acima da média o que lhe permite salvaguardar todos os seus encargos financeiros e não financeiros e ainda dispor de 60% de rendimento disponível para eventuais necessidades ou até mesmo para a constituição de poupanças. Está igualmente na posição favorável para escolher e negociar as condições do seu crédito habitação juntos dos diversos bancos.

Taxa de Esforço entre 40% e 50%

Encontra-se no intervalo aceitável pelos bancos, no entanto, quanto mais perto se situar dos 60% menos capacidade negocial possui. Este indicador também revela que o peso dos seus encargos mensais são significativos e que estão a tomar proporções consideráveis.

Poderá ser o momento para analisar se necessita mesmo de contratar um novo crédito habitação ou caso já possua créditos deverá iniciar um processo de amortização de créditos controlado e rigoroso ou mesmo negociar os seus créditos com os vários bancos (algo que permite reduzir as suas prestações pelo menos 30%). Não é motivo para alarmismos mas a sua capacidade de contrair crédito junto dos bancos está no limite.

Taxa de Esforço superior a 50%

Representa as dificuldades com que vive tanto a nível financeiro como familiar. Este indicador revela que não deverá fazer o novo empréstimo e caso seja mesmo necessário efectuar o novo empréstimo então deverá recorrer a outras opções de financiamento ou ver outras opções para baixar as suas prestações.

Como Baixar a Taxa de Esforço

Caso queira contratar um novo crédito habitação ou queira reduzir o seu spread atual tem um conjunto de alternativas ao seu dispor. De notar, contudo, que é impossível baixar spreads para valores abaixo dos 1.5% atualmente.

  • Negociação de créditos – Permite reduzir o valor das prestações com os créditos que tem atualmente, em muitos casos em torno de 30%-40%.

Conclusões

Existe uma percepção de que a taxa de esforço mensal deverá ser determinada em função da futura prestação do crédito habitação. Isto é, apurada a nova prestação na simulação de crédito habitação deverá apurar o valor desta em relação ao seu rendimento líquido mensal.

No entanto, não considerar as despesas fixas mensais, bem como, eventuais despesas extraordinária não lhe atribuirá um resultado real da sua situação financeira familiar, nem lhe atribuirá sinais de alerta relativamente ao desejo de comprar casa com recurso ao crédito.

Os bancos têm considerado este tipo de informação (todas as despesas do agregado familiar) como extremamente útil para cálculo da taxa de esforço, bem como, têm efectuado previsões da evolução do rendimento disponível e de eventuais despesas fixas mensais que surgirão no agregado familiar, sempre como o objectivo de minimizar o risco de incumprimento.

A Reorganiza Ajuda-o a ter o Crédito Habitação Mais Barato

Caso queira um crédito habitação novo ou transferir o seu crédito atual poderá contar com a Reorganiza. Montamos o seu processo sem qualquer custo. Facilitamos a aprovação do seu processo nas melhores condições de mercado. Por que não submeter e simular a sua prestação?

Avalie este artigo
COMPARTILHAR
Artigo anteriorCrédito Automóvel Mais Barato – Como Escolher o Seu
Próximo artigoAmortizar Créditos – 5 Dicas Fundamentais
João Morais Barbosa
Iniciou a sua carreira no setor financeiro onde desempenhou funções de analista de ações e gestor de fundos de investimento. Especialização em mercados e ativos financeiros no ISCTE e uma pós-graduação em Análise Financeira no ISEG, curso que lhe conferiu o Certificado Europeu de Analista Financeiro. Fundou a Escola de Finanças Pessoais – sendo co-autor de seis livros nesta temática (Manual das Finanças Pessoais, Manual da Poupança, Como Acabar com as Dívidas Pessoais e Familiares, O meu primeiro livro de Finanças Pessoais e Como ensinar o meu filho a poupar, Viva uma Reforma Feliz). Através da Escola de Finanças Pessoais já formou mais de 5.000 colaboradores de empresas nacionais e internacionais. Tendo sido Diretor-Comercial na DignusCapital, decide criar o seu projeto próprio na área da renegociação e intermediação de crédito, fundando a Reorganiza, empresa onde trabalha atualmente.

6
Deixe um comentário

avatar
5 Comentar tópicos
1 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
3 Autores de comentários
Simulador Crédito Habitação |Crédito Habitação - Atenção às ComissõesSaiba como Criar um Orçamento Pessoal Eficaz - ReorganizaJoão Morais BarbosaRita Autores recentes de comentários
  subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificação de
Gosto muito de a prender sobre o financiamento
Visitante
Gosto muito de a prender sobre o financiamento

Gosto muito de a prender sobre o financiamento

Rita
Visitante
Rita

Boa tarde
Tenho uma taxa de esforço inferior a 40%, de acordo com os vossos cálculos.
Porque é que o meu banco não me dá crédito?
Obrigada

trackback
Saiba como Criar um Orçamento Pessoal Eficaz - Reorganiza

[…] gíria das finanças entende-se por taxa de esforço a relação entre as diversas prestações de empréstimos que pode possuir ou vir a possuir e o […]

trackback
Crédito Habitação - Atenção às Comissões

[…] à verificação da capacidade o melhor caminho é através da determinação da sua taxa de esforço mensal. Se esta se situar entre os 30 e 40% então cumpre um dos requisitos da análise […]

trackback
Simulador Crédito Habitação |

[…] da realidade. E isto é uma realidade pois o valor do spread do seu crédito irá variar muito com ataxa de esforço, os valores do imóvel, da garantia e do financiamento […]