TAN, TAE, TAEG e TAER – Taxas de Juro no Crédito

4
15787
moedas

Actualmente a oferta bancária em matéria de crédito é de tal forma diversificada que torna difícil a escolha por parte do cliente da melhor modalidade para as suas necessidades. Apesar de tal diversidade existem elementos do crédito que mantêm a sua rigidez e apesar de toda a engenharia financeira usada pelos bancos eles mantêm a sua essência activa e transparente para o cliente. Um dos elementos que melhor informação transmite para a tomada de decisão é a taxa de juro e sobre esta hoje vamos dedicar algum tempo.

O Que é a Taxa de Juro

Por definição, entende-se por taxa de juro o custo do dinheiro e em matéria de crédito não podia obter melhor correspondência.

Consumir hoje o que só poderia consumir no futuro revela o custo desse consumo, no sentido em que, caso optasse por poupar uma parte do seu rendimento disponível para atingir um determinado montante necessário à satisfação de uma necessidade isso levaria algum tempo. Assim sendo, poupar uma parte do rendimento disponível com uma periodicidade (prestação) durante determinado período de tempo (prazo) obteria um montante determinado de poupança (montante) necessário ao consumo.

Logo, antecipando esse montante o banco cobra um juro (custo de tal antecipação) e espera ver reembolsado com uma periodicidade (poupança mensal) o capital emprestado durante um período tempo (prazo).

TAN

Taxa Anual Nominal e é usada na maior parte das operações que envolvem o pagamento de juros, como por exemplo a remuneração dos depósitos ou a determinação das prestações. Na generalidade das vezes a taxa de juro nominal assume a periodicidade anual logo necessita de ser dividida por 12 para a correspondência mensal, por 4 para a correspondência trimestral e por 2 para a correspondência semestral.

TAE

Taxa Anual Efectiva que revela o custo efectivo de um crédito habitação e é um excelente indicador para comparar este tipo de créditos. Por definição, a TAE é a taxa de juro para um empréstimo reflectindo o seu prazo total que considera os encargos e comissões e impostos, no entanto, a TAE não reflecte os encargos com seguros e outros produtos associados ao crédito habitação.

TAEG

Taxa Anual Efectiva Geral revela o custo efectivo de um crédito pessoal e funciona, à semelhança da TAE, como indicador de comparativo entre empréstimos pessoais. A definição da TAEG é igual à TAE acrescentando apenas o custo com seguros do crédito.

TAER

Taxa Anual Efectiva Revista é ao abrigo do Decreto-Lei nº 192/2009 obrigatória constar nas simulações de crédito habitação sempre que exista a necessidade de subscrever produtos bancários para beneficiar de uma redução do spread. Assim sendo, a TAER reflecte o custo efectivo do crédito habitação sempre que são exigidas contrapartidas pelos bancos.

Considerações

Resumidamente as taxas de juro nominais determinam as prestações reflectindo os juros referentes ao capital e prazo do empréstimo. Não está reflectido na taxa nominal os custos com impostos, comissões e seguros quando exigíveis.

Para completar a taxa de juro nominal foi necessário determinar uma taxa de juro que reflicta o custo efectivo do empréstimo, ficando assim definido a TAE para crédito habitação e a TAEG para o crédito pessoal.

A diferença entre a TAE e a TAEG resume-se à inclusão dos prémios de seguros exigíveis pelo banco, sendo que a TAE não incorpora os custos dos seguros de vida ou habitação no crédito habitação. Para colmatar esta lacuna no crédito habitação e tornar a informação mais transparente surgiu a TAER que incorpora todos os custos do crédito mais os encargos com seguros ou outros produtos propostos ao cliente.

Assim sendo, a TAE, TAEG e TAER são excelentes indicadores de comparação de propostas de crédito apresentadas pelos bancos, no entanto, convêm que os critérios de comparação tem que ser semelhantes na medida em que:

  • Os montantes têm que ser iguais;
  • Os prazos têm que ser iguais;
  • Os indexantes devem ser iguais.

Tenha atenção que para minimizar o seu custo financeiro deverá ter atenção ao spread e a todos os custos associados. Caso pretenda analisar o seu processo em maior detalhe, partilhe connosco a sua experiência ou as suas preocupações. Poderá também marcar a sua consulta de diagnóstico financeiro gratuito e ver como pode começar já a poupar com os créditos.

Avalie este artigo

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA