5 dicas para aproveitar as férias ainda que tenha uma dívida

0
47
ferias

As férias são um momento importante numa família. Muito boas recordações ficam de algumas férias de quando éramos crianças. Não se deve privar de umas boas férias apenas porque está com uma dívida. 

Não só para as crianças, mas também para os pais, as férias são relevantes para descansar e voltar a aclarar as ideias. Neste artigo vamos aconselhá-lo a aproveitar as férias da melhor maneira não tendo praticamente custos.

1. Trocar de casa nas férias

Trocar de casa para ir de férias faz com que não exista praticamente qualquer custo, assumindo que se faz refeições caseiras e não se vai a restaurantes. A diferença é que está noutro local e pode fazer turismo rural, se for esse o caso! 

O único inconveniente é o custo da viagem, apesar de que, se a troca for feita dentro do país, nunca será um valor exorbitante. Há muitos e bons sítios ideais para relaxar dentro da fronteira.

2. Aposte nas épocas baixas de férias

Se conseguiu trocar de casa, aposte nas épocas baixas de Junho ao invés de Julho ou Agosto. Nestas épocas o custo de vida é mais baixo e consegue-se visitar o local com mais calma e sossego.

3. Ficar em casa

Ao contrário do que as pessoas possam pensar, ficar em casa representa, por vezes, umas excelentes férias. Para além do facto de se poupar, há um relaxamento e um descanso maiores do que ir viajar ou trocar de casa. Se não se cair no erro de não fazer nada, mas sim passear, ler, e ocupar-se com pequenas tarefas, terá descanso de sucesso.

Pode também ter mais tempo para observar o crescimento dos mais novos, acompanhando com atenção as suas atividades lúdicas.

4. Conta-poupança para férias

Se for para ir de férias com dívida, só existe a hipótese de ir com uma conta-poupança previamente feita. Longe de nós aconselharmos a ir de férias aumentando a dívida. Se achar que é mesmo indispensável sair da sua zona durante uns tempos, faça previamente uma conta-poupança.

É preferível montar uma conta-poupança do que entrar em incumprimento. Se possível, recorra também a um orçamento para planear a sua pequena viagem.

5. Aproveitar a Reorganiza

A Reorganiza faz de intermediário no crédito consolidado, crédito habitação, e seguros sem qualquer custo. Aproveite esta solução baixando as suas prestações mensais e, assim, conseguirá mais facilmente criar uma conta-poupança para poder desfrutar das merecidas férias.

Avalie este artigo
COMPARTILHAR
Artigo anterior6 dicas para visitar Paris a baixo custo
Próximo artigoSeguro de bicicleta: vale a pena?
Luís Cavaleiro Ferreira
O Luís é uma das novas promessas do Grupo Reorganiza. Estudou no Colégio Militar onde desenvolveu o gosto pelo desporto e o seu carácter. Foi depois para a Universidade Católica e ainda passou pelo Seminário de Caparide. Tem um grande gosto por perceber a origem dos problemas e das suas soluções e o seu lado humano dá-lhe uma grande sensibilidade para os problemas das pessoas, que procura solucionar.

Deixe um comentário

avatar
  subscrever  
Notificação de