Crédito Habitação – 3 Passos para Pedir o Seu

0
3502
Crédito Habitação

Pedir crédito habitação é agora menos difícil. Ainda não é fácil, pois precisa de ser um processo bem estruturado. Mas é mais acessível. Os bancos continuam exigentes em alguns aspetos de modo a manterem a segurança na aprovação da operação de crédito. Quem está hoje à procura de casa para viver e pensa em recorrer ao crédito habitação depara-se com diversos requisitos que necessitam de cumprir, como por exemplo:

  • Património considerável ou condições profissionais de qualidade;
  • Entrada inicial de pelo menos 10%-20% do valor da avaliação e em muitos casos do valor da compra;
  • Seguro de vida, seguro habitação e muitas vezes seguro de desemprego;
  • Taxa de esforço enquadrada com novos requisitos,
  • Entre outros.

Já é Possível Ter Spreads Abaixo de 2%

É certo que existem algumas barreiras desincentivadoras da procura por novas condições, como por exemplo, comissões de análise de processo ou de dossier, que são devidas independentemente da aprovação ou não do crédito, ou ainda, a comissão de avaliação de imóvel que fica a cargo do cliente. Existem alguns passos que podem ser tomados pelo cliente que poderão representar uma melhor negociação, bem como garantir as melhores vantagens. Se quiser saltar alguns passos e reduzir as suas comissões, sugerimos que preencha o simulador de crédito habitação da Reorganiza para ver quanto poderá poupar em todo o processo.

#1 Passo – Escolha da Habitação

Não vou ocupar muito tempo a enumerar dicas para escolher a melhor habitação para o seu caso, no entanto, acredito que esta deve ser, depois de muitos requisitos validados, enquadrada com a sua situação financeira atual. Por outras palavras sonha-se com o que se pode ter e não com o que se deseja ter.

Com isto não quero dizer que não pode sonhar com mais, mas sim alertar que se deseja mais deve garantir que será capaz de cumprir com todas as responsabilidades, como por exemplo, crédito, impostos, obras e gastos gerais com a habitação. A escolha da habitação é a primeira etapa e deve ser considerada como uma das mais importantes. Deve nesta etapa obter o máximo de informação, como por exemplo:

  • Valor de venda;
  • Ano de construção;
  • Área e tipologia;
  • Existência de equipamento de climatização;
  • Existência de garagem;
  • Localização;
  • Acabamentos;
  • Entre outros.

Esta informação será útil para avaliar o valor atual e futuro da sua habitação de uma forma aproximada é claro, ou utilizando a ferramenta que se segue no próximo passo.

#2 Passo – Informe-se sobre o Valor Patrimonial Tributário

O portal das finanças possui a possibilidade de simular o valor tributável da sua futura avaliação. Não é que este valor lhe vá servir de muito. No entanto, é uma excelente referência para saber se está a fazer um bom negócio uma vez que é próximo a 60%-70% da avaliação dos bancos, salvo casos excepcionais.

Deve estar confuso, mas a ideia é simples, se necessita de €200.000 para comprar uma casa e pensa em recorrer ao banco para contratar um crédito habitação, saiba então que a sua futura casa precisa de valer pelo menos €220.000 euros, logo se o valor patrimonial tributável rondar os €150.000 euros tem boas probabilidades de a avaliação atingir esses valores.

#3 Passo – Peça Diversas Simulações para o seu Caso Concreto

A internet hoje em dia permite coisas fantásticas e já não necessita de ir visitar diversos bancos para saber qual lhe apresenta a melhor proposta. Por exemplo, pode consultar o simulador de crédito habitação da Reorganiza ou visitar as páginas de internet das diversas instituições financeiras. Tenha especial atenção a:

  • Spread – Margem de lucro do banco;
  • Produtos associados – Os vários produtos apresentam custos muitas vezes expressivos.

Considerações Finais

Como pode verificar o objectivo deste artigo não é indicar como pedir um crédito habitação, até porque já falámos sobre esse tema em outros artigos. Todavia, o grande objectivo deste artigo é permitir ao leitor analisar o potencial do seu crédito habitação neste período de instabilidade e rigidez na concessão de crédito para comprar casa.

Está à procura de crédito habitação ou já conseguiu ver o seu crédito aprovado? Partilhe a sua experiência com os nossos leitores!

Avalie este artigo
COMPARTILHAR
Artigo anterior4 Passos para Se Manter Motivado para o Sucesso
Próximo artigoCrédito Habitação – Como Decidir e Como Poupar
João Morais Barbosa
Iniciou a sua carreira no setor financeiro onde desempenhou funções de analista de ações e gestor de fundos de investimento. Especialização em mercados e ativos financeiros no ISCTE e uma pós-graduação em Análise Financeira no ISEG, curso que lhe conferiu o Certificado Europeu de Analista Financeiro. Fundou a Escola de Finanças Pessoais – sendo co-autor de seis livros nesta temática (Manual das Finanças Pessoais, Manual da Poupança, Como Acabar com as Dívidas Pessoais e Familiares, O meu primeiro livro de Finanças Pessoais e Como ensinar o meu filho a poupar, Viva uma Reforma Feliz). Através da Escola de Finanças Pessoais já formou mais de 5.000 colaboradores de empresas nacionais e internacionais. Tendo sido Diretor-Comercial na DignusCapital, decide criar o seu projeto próprio na área da renegociação e intermediação de crédito, fundando a Reorganiza, empresa onde trabalha atualmente.

Deixe um comentário

avatar
  subscrever  
Notificação de