SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

SIMULE AQUI SEM COMPROMISSO O SEU CRÉDITO HABITAÇÃO

Perdeu a carteira ? Saiba o que fazer de imediato

Educação Financeira

Perdeu a carteira ? Saiba o que fazer de imediato

4 min Partilhar 24 de Agosto, 2022

Search
Generic filters
Exact matches only

Se perdeu ou lhe roubaram a carteira tem de agir de imediato para evitar não só a potencial perda de parte do seu dinheiro, mas também que possa ocorrer o crime de roubo de identidade, como o uso da sua identificação em fraudes financeiras com possíveis consequências graves para si.

Mas se a perda ou roubo da carteira é só por si uma situação angustiante, descanse que se agir de forma certa e rápida apenas terá de preocupar em obter segundas vias da documentação que perdeu. E a boa notícia é que existe maneira de a obter de forma rápida deslocando-se apenas a um único local se morar em Lisboa: o balcão Perdi a Carteira.

Mas vamos por partes.

Se perdeu a carteira faça de imediato uma lista de tudo o que tinha dentro

Mesmo que seja apenas mentalmente faça uma lista de tudo o que tinha na carteira. Mas o melhor será escrever para não se esquecer de todos os documentos e cartões que terá de obter de novo.

Veja se os entregaram às autoridades

Embora desconhecido por muitos, existe o Portal Perdidos & Achados onde estão registados todos os documentos que foram encontrados e entregues as autoridades.

Se só deu por falta da carteira horas depois da última vez que a viu talvez seja o primeiro passo a dar antes de cancelar os cartões bancários dado que a sua reemissão tem custos elevados. Mas se lá estiverem não fique por aí, consulte a sua conta bancária e a conta do cartão de crédito. Caso só existam movimentos feitos por si não terá de cancelar os cartões. Mas se existirem movimentos que não foram feitos por si, terá de informar a perda ou roubo ao seu banco e participar às autoridades.

Note que a consulta a esta base de dados antes de pedir a reemissão do cartão de cidadão, carta de condução também poderá evitar que incorra em despesas desnecessárias.

Mas se der logo falta da carteira, consulte esta base de dados só depois de ter feito os dois passos seguintes.

Cancele de imediato os cartões bancários

Esta deverá ser a sua primeira ação para proteger o seu dinheiro. Entre em contacto com as entidades emissoras dos seus cartões de crédito e débito dando nota do furto ou perda dos mesmos.  Mas se não souber o contacto da entidade emissora do cartão, não se aflija, poderá consultá-lo no site do Banco de Portugal aqui

Os cartões serão cancelados e a sua conta bancária ficará em vigilância. Tome note da hora em que fez a comunicação já que a partir desse momento deixará de ser responsável por todos os movimentos indevidos que ocorram com os seus cartões e na sua conta bancária.

Mas se antes da sua comunicação forem efetuados movimentos indevidos terá de os suportar até ao limite de 50 euros. Mas note que este limite não se aplica se tiver existido negligência grave da sua parte.

Depois terá de pedir novos cartões. E a má noticia é que terá de pagar uma comissão por eles. Para saber quanto lhe custará a nova via do cartão consulte o preçário de entidade emissora do cartão.

Informe as autoridades

O passo seguinte será ir junto das autoridades e informar que perdeu ou lhe roubaram a carteira. Terá de enumerar tudo o que tinha dentro dela. Aqui será importante ir munido da lista que elaborou.

Lembre-se que necessita da participação para poder reemitir os seus documentos de identificação e para evitar o roubo de identidade

Comunique ao Banco de Portugal a perda/roubo da sua identificação

Quem lhe roubou a carteira (ou a encontrou) pode usar a sua documentação pessoal para celebrar contratos de crédito, contratar cartões de crédito ou mesmo abrir uma conta bancária.

Para evitar que tal aconteça comunique o mais rápido possível ao Banco de Portugal o seu extravio preenchendo o formulário disponível para o efeito no seu site. Mas terá de juntar a participação que fez às autoridades.

Depois, com base no que comunicou, o Banco de Portugal irá informar o sistema bancário sobre o desaparecimento dos seus documentos de identificação relevantes para a contratação de produtos financeiros: cartão de cidadão, bilhete de identidade, passaporte, autorização de residência, número de identificação fiscal

Cancele o seu cartão de cidadão

Depois terá de cancelar o seu cartão de cidadão. Lembre-se que este tem informação pessoal relevante.

O pedido de cancelamento terá de ser feito no prazo de 10 dias após se ter apercebido da perda ou roubo. Caso não o cancele incorre numa coima entre 100 e 500 euros nos termos dos artigos 33º e 43º da lei 7/2007

Pode cancelar o cartão de cidadão através da internet, num posto de atendimento do Cartão de Cidadão ou através do número (+351) 211 950 500

Obtenha uma segunda via dos seus documentos

Veja na lista que elaborou quais os documentos que terá de pedir nova emissão.

Se vive em Lisboa e se tem de pedir segunda via de dois dos seguintes documentos (cartão de cidadão, carta de condução, documento único automóvel, cartão da ADSE, cartão de sócio do ACP) tem a sua vida facilitada. Poderá ir ao balcão Perdi a Carteira que funciona por agendamento na Loja de Cidadão das Amoreiras.

Para agendar ligue 300 003 990, nos dias úteis das 9h às 18h e aos sábados das 9h às 15h30, ou envie email para info.cidadão@ama.pt. Rapidamente lhe marcarão uma hora para lá ir.

Mas se mora fora de Lisboa ou apenas perdeu um dos documentos anteriores terá de pedir a segunda via do mesmo individualmente. O nosso conselho é que, caso queira fazê-lo presencialmente, se dirija a uma Loja de Cidadão onde poderá tratar de cada um individualmente. Mas em alternativa poderá fazê-lo online

Como obter segunda via dos documentos online

Cartão de cidadão

Poderá obter uma segunda via aqui

Carta de condução

Pode pedir uma segunda via da carta no portal IMTOnline, autenticando-se com o seu Número de Identificação Fiscal e a senha do Portal das Finanças e registar o seu pedido.

Documento Único Automóvel

Poderá obter uma segunda via aqui

As segundas vias dos documentos têm custos

Mas a obtenção de segundas-vias dos documentos tem custos. Assim prepara-se para pagar 18 euros pelo cartão de cidadão e 30 euros pela carta de condução e documento único do automóvel, caso precise também de uma segunda via.

 



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro