Como ganhar 10% ou mais nos seus investimentos

Investir

Como ganhar 10% ou mais nos seus investimentos

3 min Partilhar 25 de Outubro, 2019

Search
Generic filters
Exact matches only
Depósitos a Prazo - Raisin

Numa altura em que as taxas de juro das nossas poupanças estão a níveis bastante baixas (ou zero), é altura de encontrarmos alternativas para rentabilizar as nossas poupanças. Neste artigo iremos apresentar-lhe algumas alternativas para que possa ganhar 10% ou mais nos seus investimentos. Tenha em mente nos dias que correm que o nível de risco do investimento tem aumentado.

Será que vale a pena investir nos mercados financeiros?

O investimento nos mercados financeiros, quer através de compras diretas de ações ou obrigações ou quer pela compra de fundos de investimento continua a ser uma das principais formas de rentabilizar as suas poupanças. No entanto, defendemos que exista uma diversificação do risco que assume por outras classes de ativos, tendo aqui relatado a minha experiência com os investimentos imobiliários.

Investimentos alternativos que lhe permitem ganhar 10% ou mais:

Nos últimos meses tenho experimentado o investimento através de plataformas alternativas e à medida que vou ganhando mais confiança vou não só aumentando o meu envolvimento como também relatando a minha experiência com estas plataformas. De forma resumida, apresento algumas plataformas que faz sentido que conheça. Tenha em mente que nos dias que correm, com as restrições económicas e financeiras da pandemia, o risco do investimento nestas plataformas aumentou bastante. Aliás, algumas plataformas mais pequenas estão a sentir impactos mais violentos tendo umas inclusivamente suspendido temporariamente os pagamentos (por alguma dificuldade em receber dos bancos credores e pelo aumento expressivo dos resgates).

Mintos – 8% a 12% de retorno

Outra plataforma sediada na Letónia e que se assume como um supermercado global de empréstimos. Numa única plataforma poderá comprar empréstimos emitidos por inúmeras entidades, desde empréstimos ao consumo, empréstimo automóvel, habitação, agrícolas ou faturas. Tem atualmente investidores de mais de 40 países que investem assim em vários mercados na Europa.

É possível investir em empréstimos com ou sem garantia. No entanto, tem a particularidade de todos os empréstimos já estarem financiados por uma entidade que mantém uma parte do empréstimo, o que reduz claramente os conflitos de interesse. Atualmente a Mintos já intermediou mais de €950 milhões em várias moedas com uma taxa de retorno média de 12%. Tem milhares de empréstimos disponíveis, o que facilita a constituição de uma carteira diversificada muito rapidamente

ViaInvest – 9% a 12% de retorno

Uma plataforma também sediada na Letónia e que permite aos investidores comprar empréstimos com garantia de recompra (se o cliente não pagar a entidade recompra o empréstimo de volta, devolvendo capital e juros). É uma plataforma mais pequena do que as Twino e a Mintos mas que mesmo assim tem registado perto de 6000 investidores. Já intermediou perto de €100 milhões em empréstimos e afirma ter uma taxa de retorno média de 10.9%. De notar que a empresa tem atualmente 157 funcionários pelo que é uma empresa já consolidada.

Twino – 8% a 11% de retorno

Esta plataforma foi a primeira onde comecei a investir no estrangeiro. É sediada na Letónia e permite o investimento em empréstimos a particulares de diversos países. A taxa de juro da minha carteira está perto de 9%. Gosto particularmente desta plataforma pois a maioria dos empréstimos tem garantia de pagamento, o que significa que se o cliente não pagar existe uma entidade que se substitui ao pagamento.

Deixámos a referência a algumas plataformas que nos parecem interessantes para a rentabilização das suas poupanças. De salientar que ao aplicar o seu dinheiro em qualquer produto financeiro está a assumir riscos, daí que também possa obter retornos mais elevados. O interesse destas plataformas é que poderá diversificar os seus riscos em carteiras com muitos empréstimos e com isso obter taxas de rendimento muito mais interessantes do que as aplicações alternativas. Mas sendo o risco seu deve procurar toda a informação e se decidir avançar, começar com pouco e evoluir com o tempo, à medida que ganhar confiança.

Um último alerta. Nas recentes semanas temos feito alguns resgates nestas plataformas, especialmente nas mais pequenas, dado que esperamos que os clientes a quem as plataformas (logo, os investidores) emprestam dinheiro venham a ter mais dificuldades de pagamento. Assim, pelo sim pelo não estamos a reduzir o risco. De notar, ainda, que este artigo não é uma recomendação de investimento e que recomendamos que faça a sua análise.

Reorganiza – As Suas Finanças Em Boas Mãos



Comments (4)
  1. Bernardo Monteiro Reply

    Olá João,

    Eu sou um pouco leigo nisto. Os rendimentos que obténs destas plataforma, como são declarados? A nível de impostos o que tens de pagar? E como isto afeta o IRS?
    Parabéns pelo blog. Cumprimentos, Bernardo

    1. João Barbosa Reply

      Olá Bernardo

      Os ganhos nestas plataformas são ganhos de capital, pelo que deve colocar a informação na sua declaração de rendimentos todos os anos. Depois, a taxa de imposto irá depender de englobar ou não os rendimentos

      Obrigado

  2. Beatriz Reply

    olá João,

    A Viainveste não faz retenção na fonte dos país dos criadores de emprestimo?

    Obrigado

    1. João Barbosa Reply

      Boa tarde

      Não tenho a certeza. Creio que não. Ou se fez já deixou de fazer.

      Vou confirmar


Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Olá, sou o João, em que posso ajudar?

Outros