5 Dicas de Finanças Pessoais Para Não Perder o Controlo Da Sua Vida

Finanças Pessoais

5 Dicas de Finanças Pessoais Para Não Perder o Controlo Da Sua Vida

5 min Partilhar 9 de Março, 2016

Search
Generic filters
Exact matches only
independência financeira

Concordamos claramente e numa só voz que o equilíbrio financeiro é fundamental para criar finanças e fundações sólidas para o nosso desenvolvimento pessoal. Acreditar que o equilibrio financeiro não possui relação directa com a concretização dos nossos objectivos pessoais e profissionais é, considero, irreal e penalizador.

Com isto não pretendo dizer que não é possível viver uma vida incrível sem relação financeira, na verdade, é possível e existem inúmeros exemplos dessa possibilidade. O que pretendo efectivamente dizer é que, numa sociedade com a que actualmente conhecemos, o dinheiro é parte fundamental dela e habita nela como ferramenta de acesso.

A diferença é a forma como um grande número de pessoas coloca o dinheiro nas suas vidas, olhando para ele como elemento essencial no desenvolvimento das suas vidas. Aqui é que os problemas surgem e estes são os desafios da sociedade em geral.

O dinheiro é a ferramenta que possuimos para criar algo de extraordinário nas nossas vidas, tal e qual, o martelo e a serra são as ferramentas que ajudarão o carpinteiro a transformar a madeira em algo extraordinário, util e necessário.

Quando falamos em dinheiro falamos em Educação Financeira, em Finanças Pessoais e em Relação Financeira. Nunca falamos em quantidade, valor ou identidade. O nosso foco é nos sentimentos que uma correcta relação com o dinheiro poderá despertar e criar. O dinheiro por sí só não tem qualquer valor.

finanças

Deste modo, vamos identificar 5 dicas para controlar as suas finanças pessoais que o irão ajudar a melhorar a sua relação financeira, aumentar os seus sentimentos de segurança e tornar equilibrado o seu futuro financeiro e pessoal.

Avalie A Sua Situação Financeira

Como poderemos saber por onde começar e até onde pretendemos chegar se não conhecermos claramente e no mínimo o nosso ponto de partida?

Este processo é fundamental e representa uma radiografia aos seus compromissos e hábitos. Começar por desenvolver um mapa financeiro é essencial. Para onde vai o seu dinheiro? Onde gasta mais? Será nas despesas familiares, como habitação e alimentação, ou existe outra despesa que tem impacto na minha vida financeira?

Criar um orçamento familiar é fundamental mas depois temos de analisar o orçamento de modo a tirar conclusões e mudar de vida.

No campo da análise financeira existem algumas dicas fundamentais que, padronizam, o que se considera uma situação financeira equilibrada. Deixo aqui algumas para avaliar se a sua situação financeira estão em linha com as recomendações.

  • As suas despesas fixas mensais, como por exemplo, habitação, alimentação e responsabilidades, não devem ultrapassar os 50% do seu rendimento líquido mensal.
  • As suas responsabilidades financeiras (créditos) não devem ser superiores a 30% do seu rendimento líquido mensal.
  • O seu orçamento deverá incluir 10% do rendimento mensal disponível como estratégia como poupança.
  • Entre outros.

Defina Metas e Objetivos de Poupança

O sentimento gerado pela poupança devolve toda a sustentabilidade e segurança no futuro ao seu autor. Quem se preocupa em desenvolver um plano de poupança permanente e o executa está mais aberto a mudanças na sua vida pessoal e ao seu desenvolvimento pessoal.

Poderá parecer estranho esta conclusão, mas vamos a factos.

  • Facto n.º 1 – Viver de salário em salário desperta níveis de ansiedade difíceis de ultrapassar que limitam a  nossa capacidade de pensar e agir noutras áreas da nossa vida;
  • Facto n.º 2 – A ausência ou escassez de dinheiro promove sentimentos de agressão, vitimização e revolta.
  • Facto n.º 3 – O dinheiro é uma das principais causas da instabilidade das relações sociais nos mais diversos níveis.
  • Entre outros factos que facilmente os consegue identificar.

A poupança é assim o catalizar dos sentimentos negativos. Actua como filtro, porque se por um lado ocorrer uma eventual escassez de dinheiro na sua vida, todo o seu esforço efectuado para concretizar metas de poupança irão agora demonstrar uma segurança superior aos potenciais sentimentos que a escassez poderá despertar.

Os leitores que têm planos, estratégias e metas para a poupança entendem claramente a mensagem que estamos a passar. Todos os outros, convido-os a procurar descobrir quais os sentimentos que a poupança desperta na sua vida financeira.

financas pessoais

Reorganize a Sua Vida Finacneira

Muitos desconhecem como se encontra a sua vidas financeira. Muitos desconhecem até qual o destino do esforço que dedicam diariamente para o desenvolvimento das suas vidas financeiras. Por outras palavras “não têm norte”, “rumo” ou “mapa”.

Conhecer ao pormenor tudo o que envolve a sua vida financeira é fundamental, não só porque proporciona maior conforto emocional, mas também porque o ajudará a identificar desvios e desperdícios que farão a diferença no final do mês.

Se porventura tudo o que escrevemos anteriormente é-lhe estranho e desconhecido então está na hora do reorganizar a sua vida financeira. Um bom ponto de partida é aceitar que necessita de uma estratégia na sua vida financeira para que esta tenha sentido, as suas decisões de gastos tenham sentido e até as suas decisões de poupança tenham sentido.

Uma Estratégia Simples Para Poupar Dinheiro

Um bom inicio é começar por estabelecer intervalos de gastos e poupança. Um exemplo é estabelecer na sua vida financeira que não mais de 50% de todos os seus rendimentos mensais deverão ser utilizados em gastos essenciais, como por exemplo, habitação, alimentação, educação e saúde, nas suas mais diversas variáveis.

Dos restantes 50% de rendimento, 20% deverão ser utilizados para a sua estratégia de poupança que poderá ter diversos destinos, como por exemplo, a sua reforma, o curso superior dos seus filhos, antecipação do pagamento de dívidas, despesas extraordinárias de saúde, entre outros. É a sua segurança para o seu futuro.

Os restantes 30%, acredite que é uma parcela generosa, deverão ser utilizados para viver o seu estilo de vida ou o estilo de vida que pretende viver em família. Eventuais despesas com saídas, ginásio, cuidados pessoais, entre muitos outros, enquadram-se nesta parte da equação.

Crie Um Fundo De Emergência

A vida é cheia de surpresas de diferentes naturezas. Poderão ser surpresas positivas mas também poderão ser surpresas negativas. Algo que nos criará preocupações, despertará sentimentos diversos que nos colocarão à prova e testarão a nossa capacidade de superação.

Podemos não querer aceitar mas um significativo número de surpresas que nos causarão preocupações poderão ser, em parte ou na sua totalidade, corrigidas com recurso ao dinheiro. Possuir um fundo de emergência ou uma almofada financeira é fundamental para dar resposta a estes acontecimento inesperados.

Os 20% da sua estratégia de poupança devem incorporar o seu fundo de emergência que não deverá ser inferior a 6 meses de todo o seu rendimento mensal. Na pratica são 6 meses de descanso que coloca numa poupança que lhe darão o tempo necessário para se recompor, pensar em alternativas, estabelecer novas metas e até implementar a mudança na sua vida.

Nada é impossível, basta que comece hoje a pensar na sua vida financeira e que tenha tanta vontade como compromisso em a organizar.

poupanças

Evite o Crédito e Poupe Com O Crédito

Muitos especialista em finanças pessoais e até em muitos sites e blogs sobre educação financeira encontrará recomendações para terminar com o crédito na sua vida, em especial, com o cartão de crédito.

A Reorganiza não é contra o crédito. Aliás, acreditamos que o crédito pessoal responsável pode ser a solução para problemas financeiros. Somos sim contra a utilização inconsciente, não planeada e descontrolada do crédito e do cartão de crédito. Acreditamos simplesmente que para tudo na vida e em toda as áreas da mesma, a disciplina é palavra de ordem.

Utilizar correctamente o crédito no que realmente é importante para a sua vida poderá ser uma mais valia e um elemento importante na construção da sua vida financeira. Procure sempre o crédito mais barato e responsável. Para o conseguir sugerimos que visite o simulador de crédito da Reorganiza.



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro