Porque Não Deve Fazer Depósitos a Prazo

Finanças Pessoais Investir

Porque Não Deve Fazer Depósitos a Prazo

2 min Partilhar 11 de Março, 2016

Search
Generic filters
Exact matches only
Investir

Os Depósitos a Prazo são dos produtos preferidos das famílias portuguesas. Se por um lado queremos ganhar muito dinheiro, por outro não queremos riscos. Infelizmente, com os depósitos a prazo só conseguimos reduzir o risco… neste artigo vamos mostrar-lhe os motivos pelos quais não deve fazer depósitos a prazo.

Conheça o Fundo de Garantia de Depósitos

Antes de se iniciar neste campo, deverá conhecer o Fundo de Garantia de Depósitos. Este fundo destina-se a dar conforto aos aforradores, garantindo-lhe a proteção do seu capital em determinadas circunstâncias (muito generosas, por sinal). E sim, este fundo funciona, quando estamos a falar de depósitos a prazo.

Conheça as Novas Regras Bancárias

A partir de Janeiro de 2016, os depósitos a prazo poderão ser chamados para “resgatar” os bancos em caso de problemas financeiros. Naturalmente que ainda se mantêm as regras do fundo de garantia. No entanto, o risco do investimento neste tipo de produtos é agora superior. Claro. Poderemos contorná-lo adicionando mais pessoas como titulares da nossa conta bancária…

As Taxas de Juro dos Depósitos a Prazo São Miseráveis

A queda das taxas de juro sendo benéfica para quem tem créditos (pois tenderão a pagar muito menos todos os meses) é prejudicial para quem tem poupanças. Como vimos nos últimos anos, as taxas de juro dos depósitos a prazo têm caído para valores que em alguns casos são ZERO. Talvez faça sentido conhecer a nossa listagem dos melhores depósitos a prazo. Ou seja, está a emprestar dinheiro aos bancos e não recebe nada em troca.

… e Vão-se Manter Baixas Por Muito Tempo

Se espera que as taxas de juro aumentem nos próximos meses… desengane-se. Aliás, a tendência será para que as taxas se mantenham baixas por muito tempo. Como vimos recentemente, as novas medidas do Banco Central Europeu destinam-se a baixar ainda mais os custos de financiamento e aumentar o crédito (já viu? Temos uma população demasiado endividada e agora existirão novos estímulos para maior endividamento).

Os Produtos de Aforro do Estado São Muito Melhores

Tendo em conta a lógica de risco (risco muito baixo) e de retorno, será bem mais interessante emprestar dinheiro ao Estado. Na prática, ao oferecerem-lhe taxas de juro perto de zero os bancos estão a dizer-lhe que não querem o seu dinheiro. Assim, por que não fazer-lhes a vontade e encaminhar o seu dinheiro para quem o valoriza? Mal por mal, sempre consegue mais 1%-2% ao ano e com menos risco. Veja aqui o que são os Certificados de Aforro e compare com o seu depósito a prazo atual.

E por que não Investir para o Longo Prazo?

Investir para o longo prazo pode abrir-lhe outros horizontes, nomeadamente em termos de produtos de disponíveis e risco. Na prática, quem investe para horizontes temporais mais alargados poderá assumir mais risco e/ou investir em produtos que sejam mais atrativos em termos fiscais. Neste contexto, falamos de seguros de capitalização, de planos poupança reforma ou outros fundos de investimento. Nunca se esqueça que quem não arrisca… não petisca.

Tem dívidas? Acabe rapidamente com elas!

O melhor investimento que poderá fazer com o seu dinheiro passa por amortizar antecipadamente os seus créditos. Tem elevada taxa de retorno, não paga impostos e não tem risco. Por que não avaliar esta possibilidade? Mas com cautela pois poderá vir a necessitar do seu dinheiro no futuro e aí terá novos custos…



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro