Será Que Vale a Pena Transferir o Meu Crédito Habitação?

18
40409
Crédito Habitação

Com a manutenção das taxas de juro em níveis negativos e com a guerra comercial na banca, poderá fazer sentido transferir o seu crédito habitação. Neste artigo vamos lançar-lhe alguns pontos de reflexão.

Como Analisar a Transferência De Um Crédito Habitação?

A transferência de um crédito habitação dependerá de duas variáveis. A primeira prende-se com o valor do spread. A segunda considera os custos associados à transferência, que dependendo dos casos podem ser expressivos, mas que vários bancos já suportam.

O Primeiro Passo Consiste Em Avaliar a Sua Situação Financeira

Como temos por hábito referir aqui na Reorganiza, o ponto de partida de qualquer solução de poupança consiste em fazer um diagnóstico da sua situação financeira. É claro que as promessas de redução de spread são muito tentadoras. No entanto, nem todos os processos são aprovados, pelo que é importante perceber se tem condições para mudar de banco.

As Taxas de Juro Continuam Muito Baixas

Como é sabido, as taxas de juro EURIBOR estão muito perto de zero e espera-se que assim vão continuar durante algum tempo. Adicionalmente, depois de vários anos sem conceder crédito, a banca tradicional precisa desesperadamente de emprestar dinheiro (a alternativa passa por pagar para emprestar dinheiro ao Banco Central). Deste modo, o spread dos créditos habitação, sejam transferências sejam novos contratos, têm vindo a cair de forma expressiva. Esta queda poderá representar largas dezenas de euros poupados todos os meses.

Saiba as Condições Atuais Do Seu Crédito Habitação

Antes de consultar os bancos concorrentes deverá saber quais as condições atuais do seu crédito habitação. Não falamos apenas do spread mas também de todos os produtos/serviços contratados – por exemplo, o seguro de vida, o seguro multirriscos ou outros produtos como cartões de crédito e afins. Pode não ter noção mas em vários casos o pagamento mensal do seguro de vida é superior a algumas prestações bancárias…

Para além destes dados, deverá procurar perceber qual o valor de mercado da sua habitação e o valor total em dívida. Saiba que atualmente os bancos naõ emprestam 100% do valor do imóvel, preferindo algo perto dos 80% ou 90%. Quer isto dizer que tem de dar algum valor de entrada inicial. Assumindo que os preços das casas caíram no passado e que muitas pessoas fizeram um crédito consolidado com recurso à sua habitação… este ponto é fulcral.

Simule o Spread Do Crédito Habitação Da Concorrência

Para simular os custos do seu crédito habitação poderá pesquisar qualquer simulador dos bancos no seu site. Em alternativa, poderá ler as análises que fizemos do melhor banco para crédito habitação ou utilizar o simulador de crédito habitação.

É certo que teremos de fazer um estudo mais aprofundado (sem qualquer custo ou compromisso) para afinar as simulações, mas com o preenchimento do formulário irá ter a possibilidade de submeter o seu pedido em vários bancos e, com isso, obter força negocial em todo o processo.

Veja os Custos de Transferência

Por fim, deverá analisar todos os custos associados à transferência do seu crédito habitação. Poderá ter uma comissão por reembolso antecipado (entre 0.5% e 2% do valor em dívida, dependendo se estamos a falar de créditos a taxa variável ou taxa fixa), custos com novas escrituras, avaliação do imóvel, entre outros.

Alguns destes custos podem ser pesados. No entanto, poderá usufruir de algumas campanhas em curso onde se isentam estas comissões ou onde os bancos suportam parte ou a totalidade dos custos de transferência (mais uma das vantagens de preencher o simulador de crédito habitação é aceder aos nossos protocolos).

Prepare o Seu Processo Com Cautela

Finalmente, para efeitos de redução do spread do crédito habitação, sugerimos que prepare o seu processo com cautela. Deverá ter em atenção a sua taxa de esforço, a relação entre o empréstimo e a garantia oferecida, a sua estabilidade de rendimentos, entre outros. Se tiver dúvidas não hesite em utilizar os nossos contactos para qualquer esclarecimento.

E pronto. Mudar de banco pode representar uma enorme poupança. E como todos queremos poupar dinheiro sem grande esforço… talvez faça mesmo sentido perceber se conseguimos ajudá-lo a poupar!

Avalie este artigo

18
Deixe um comentário

avatar
10 Comentar tópicos
8 Respostas do Tópico
0 Seguidores
 
Comentário mais reagido
Tópico de comentário mais quente
10 Autores de comentários
João Morais BarbosajoaquimFatima PereiraAntónioGabriel Fonseca Autores recentes de comentários
  subscrever  
mais recente mais antigo mais votado
Notificação de
msalvador
Visitante
msalvador

Obrigado por este site. Aproveito para pedir ajuda para o meu caso. Tenho um crédito à habitação com euribor a 6m desde 2011 (tempo da crise) no santander totta, que nos primeiros 5 anos estava com um spreed de 2,7pp, contudo após o 5º ano passou para 2,9pp, o que me desagrada, pois estou a pagar mais de prestação apesar de ter feito amortizações da dívida, pois pedi 50000€ ao banco e já paguei 11800€, devendo só 39200€, já enviei em maio uma carta com aviso de receção para o banco baixar o spreed, sob pena de transferir o crédito… Read more »

isabel Maria Cordeiro Rodrigues Pires
Visitante
isabel Maria Cordeiro Rodrigues Pires

Ex.mos senhores,

vi ontem o programa da SIC sobre mudança de banco no caso do spread ser superior a 2,5%. O que é o meu caso. Gostaria de saber se me poderão ajudar.

Tenho um empréstimo no NOVO BANCO DE 150 000 EUROS. Neste momento só devo 80 000. Tentei negociar com o meu banco mas disseram-me que não estavam, de momento, a regonociar créditos. O meu spread é fixo e de 4%.

Poder-me-ão dizer alguma coisa? Tenho relatórios mensais do Banco.

Obrigada

Isabel Maria Cordeiro Rodrigues Pires
Viana do Castelo, 22 de Setembro

Alexandre Barbosa
Visitante
Alexandre Barbosa

Tenho uma dúvida relativamente à transferência do crédito à habitação que nunca vi referenciada em lado algum, ora vejamos:
Tenho um crédito à habitação formalizado em Dezembro de 2011, ou seja ainda gozo de benefícios fiscais referentes ao meu crédito à habitação, se proceder à transferência do meu crédito à habitação para outro banco, estarei a efetuar um novo crédito e portanto posterior a 2011 perdendo assim o acesso aos benefícios fiscais? é que isto faz toda a diferença na análise à transferência do crédito.
Obrigado.

João Morais Barbosa
Admin
João Morais Barbosa

Boa tarde Alexandre

Objetivamente não faz um novo crédito. Transfere um crédito de uma instituição para outra, pelo que existindo benefícios fiscais esses não se alteram. Se reparar, não existe lugar ao pagamento do IMT, pois a casa não foi transacionada uma segunda vez.

Cumprimentos

vitor
Visitante
vitor

Boa tarde, no meu caso transferi o credito em 2015 para o santander e agora não me declaram os juros à AT pois dizem que se trata de um contrato de 2015, nas finanças dizem que se não estão declarados não os posso deduzir, o que heide fazer? obg

João Morais Barbosa
Admin
João Morais Barbosa

Boa tarde

Se transferiu o contrato em 2015, significa que já teve com o Santander no ano de 2015 e 2016. Tenha em atenção que os juros são dedutíveis na habitação própria permanente. Se o Santander não comunicou e mantendo-se a veracidade da informação, pode fazer a submissão mas irão ser decretadas divergências que depois terá de comprovar.

Cumprimentos

vitor
Visitante
vitor

Bom dia, transferi no final de 2015 pelo que as prestações foram pagas só no decorrer de 2016. Pois pelo que tenho sondado há mais bancos a ter esta prática, outros dizem que declaram os juros para IRS, nas finanças dizem “nim”, penso que esta situação deveria estar esclarecida. Posso comprovar que a casa foi adquirida em 2011 e o atual empréstimo é para pagar a mesma, embora com um novo contrato, estou à espera ainda de um parecer para ver o que heide fazer. obrigado.

Linda R.
Visitante
Linda R.

Bom dia, tenho um empréstimo ao banco popular, de 41.750.00 €, faltam pagar 37.726.56€, e um spread de 5,000%, há forma de baixar a prestação , mudando de banco (visto o próprio banco não querer baixar o spread) .Obrigado

João Morais Barbosa
Admin
João Morais Barbosa

Bom dia

O que sugerimos é que contacte o banco e que pressione para a redução. O spread praticado não faz qualquer sentido. Se precisar de apoio bastará preencher o formulário de crédito habitação.

António
Visitante
António

Boa tarde
Tenho um crédito habitação e pretendia mudar o mesmo para outro titular, um familiar directo que vai ficar com a habitação. É possível fazer sem alterar as condições do contrato inicial? E para tal também é necessário fazer uma nova escritura?

João Morais Barbosa
Admin
João Morais Barbosa

Bom dia

Mudando o contrato para outra pessoa terá de fazer uma alteração das condições contratuais. Tem também de fazer nova escritura e liquidar todos os valores (impostos e custas)

Cumprimentos

Gabriel Fonseca
Visitante
Gabriel Fonseca

Bom dia vivo no estrangeiro tenho um credito habitação no BPI e um spread de 5,000%, enviei os documentos a quase um ano atras para transferência de credito, apos vários emails foi-me pedido para aguardar. Sera que 48,000 libras ano não são suficientes para que uma transferência de credito habitação no valor de 60,000 euros seja aprovado?
Atenciosamente

António
Visitante
António

Obrigado pela resposta. E caso quisesse fazer um novo crédito habitação e manter o antigo, sendo que o que já tinha passava a habitação secundária e o novo a habitação permanente, as penalizações para o crédito antigo seriam grandes? E o banco aceitaria conceder novo crédito?

João Morais Barbosa
Admin
João Morais Barbosa

Bom dia

Nesse caso o crédito antigo irá sofrer uma alteração no spread uma vez que deixa de ser habitação própria.

O melhor seria indagar junto do seu banco.

O banco pode aceitar conceder novo crédito, mas isso irá depender da capacidade financeira do cliente

Cumprimentos

Fatima Pereira
Visitante
Fatima Pereira

Bom dia,
Preciso de ajuda / opinião por favor.
Temos casa comprada em 2011 e resolvemos pedir a revisão do spread ao nosso banco, pois actualmente estamos a pagar muito (3,3). Fomos chamados ao balcão, com a boa noticia de que efectivamente conseguia-se baixar a Taxa, com a contrapartida e de adquirirmos um produto (quando já temos contas poupança e todos os seguros), ou seja, obrigatoriamente temos mais uma prestação.
Conclusão, não conseguimos baixar a nossa “mensalidade”, pois somos obrigados a ter mais uma despesa.
Gostaria de saber se somos obrigados a adquirir mais um produtos?

Fátima Pereira

João Morais Barbosa
Admin
João Morais Barbosa

Bom dia

De facto, o spread é demasiado elevado.

Podemos sugerir que preencha o formulário de crédito habitação e com todo o gosto poderemos ajudar a transferir o crédito para outra instituição.

Querendo manter o seu processo junto do seu banco atual, é questão de fazer contas. A redução do spread para valores mais adequados à realidade atual pode permitir uma poupança expressiva na sua prestação, o que pode compensar outro produto que eventualmente venha a subscrever (por exemplo, se fizer um produto de poupança na realidade estará a poupar dos dois lados).

Felicidades
João

joaquim
Visitante
joaquim

bom dia
tenho empréstimo de credito a habitação e outros para obras num total de +- 85000 euros na c.g.d. não tenho nada em atraso será que da para trocar de banco e por tudo num credito?

João Morais Barbosa
Admin
João Morais Barbosa

Bom dia Sr. Joaquim

Teremos de analisar o seu processo, as condições de ambos os créditos e demais variáveis.

Queira por favor preencher o simulador de crédito habitação ou enviar um email para info@reorganiza.pt