Como Investir com Consciência

As notícias de casos de sucesso com investimentos são uma constante. Temos inclusivamente filmes que abordam a questão como investir com perspicácia, sendo que em muitos deles, são abordadas questões relacionadas com a psicologia dos mercados e não tanto com a componente estatística presente na maioria dos livros sobre o tema.

A verdade é que investir com o objectivo de obter maiores rentabilidades e assim duplicar o dinheiro que se possui é uma tentação que a grande maioria das pessoas possui. É muito fácil qualquer pessoa num qualquer lugar opinar sobre o que pensa do futuro de determinada empresa ou de um cabaz de empresas e até mesmo de outros tipos de ativos.

investir bolsa

Investir Não é Adivinhar

Muitos são os que ganharam muito dinheiro com base no palpite. No entanto, são poucos os que conseguem ganhar dinheiro de forma consistente ao longo do tempo. Para conseguir ganhar dinheiro a sério é preciso ter regras bem delineadas que são seguidas com rigor religioso. Podemos ter sorte e acertar. Mas, regra geral, ter sorte dá muito trabalho.

Os investidores conservadores optam por investir em depósitos a prazo e património. A rentabilidade dos depósitos a prazo é em grande parte absorvida pelos impostos e inflação. Já o património está dependente da lei fundamental da economia, ou seja, a lei da oferta e da procura. Se há bem pouco tempo era possível ouvir alguém a opinar que investir em imóveis era rendimento garantido, atualmente a grande maioria dos proprietários vê a sua carteira valer muito menos do que hà dois anos atrás.

De igual modo, investidores mais dinâmicos encontram dificuldades em rentabilizar as suas escolhas e, como é com base no palpite, também a saída de mercado é feita de igual forma. Certamente erram duas vezes, ou com muita sorte acertam duas vezes.

A verdade é que quando as decisões de investimento não são efectuadas com base no palpite, qualquer ganho ou perda é medido, ponderado, analisado e justificado, criando assim registo e experiência no mercado. Para ganhar dinheiro é preciso avaliar racionalmente todos os aspetos e elementos de um determinado ativo. Talvez fazer análise técnica (que não gosto nada), análise fundamental (que faz mais sentido) e analisar as tendências e dados de mercado. É necessário planear as decisões de investimento e definir limites.

Investir é Aprender

Falamos aqui de aprender não só com os erros mas também com os sucessos. Perceber por que errou é tão importante como perceber os motivos pelos quais acertou num investimento. Infelizmente, tendemos a valorizar as nossas decisões que levaram a um ganho mas desvalorizamos e culpamos terceiros pelas más decisões que nos levaram a perder dinheiro.

Investir é Pensar no Médio e Longo Prazo

Quer poupa está a guardar dinheiro para gastar no futuro. Se colocar o dinheiro em produtos sem risco com alguma probabilidade conseguirá apenas compensar pela inflação. Por outro lado, se investe está a pensar no médio e longo prazo. E quem investe para o longo prazo deverá fazê-lo com toda a calma e ponderando os diversos fatores. Investir com calma será certamente a melhor opção. Pensar. Refletir.

Decidir com base em informação pertinente e diversificando os riscos. O investimento com calma e focado na ponderação da informação disponível permite adquirir conhecimento sobre os ativos em que se investe, permitindo o acumular de experiencias que serão úteis no futuro.

Uma decisão rápida com base no impulso e em informação incompleta pode representar prejuízos consideráveis e por vezes, pode comprometer todo um trabalho efectuado ao longo de diversos períodos de investimento.

Investir na Bolsa

 Investir Implica Diversificar… Mas Diversificar com Cautela

Quando procuramos por estratégias para investir, uma das estratégias mais defendidas pela maioria dos ditos entendidos no assunto é a diversificação. Por diversificação entende-se o investimento em ativos diferentes entre si (tecnicamente diz-se que há diversificação quando o retorno dos investimentos não é relacionado).

A diversificação deverá ter em conta a capacidade do investidor em acompanhar e processar a informação associada a diversos ativos. Dificilmente será possível um investidor particular processar informação relativa a várias dezenas de ativos. Pelo menos acompanhar essa informação de forma eficiente.

Informação é o Segredo dos Investimentos

Finalizando, facilmente concordamos que o conhecimento é o segredo dos investimentos. Como investir com vista à limitação e redução dos riscos bem como maximização do retorno é um processo que pressupõe um grande número de informação e exige conhecimento profundo do investidor.

É um processo que exige decisões fundamentadas, sem suposições ou sorte, exige calma e controlo emocional, procura diversificar sem penalizar a rentabilidade e claro são decisões com conhecimento dos riscos envolvidos.

Ganhar dinheiro nos mercados financeiros não é algo imediato mas é algo que é possível. Sugerimos que pesquise o nosso portal pois temos diversas dicas e truques para quem quer dominar o mundo dos investimentos. Por que não começar e ler “Quer saber como investir“?

 



Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Em que podemos ajudar?

Outro