Seguro de Vida De Crédito Habitação – Compensa Mudar de Seguradora?

0
1521
seguro de vida de crédito habitação

Se tem um seguro de vida associado ao seu crédito habitação com grande probabilidade estará a suportar um encargo demasiado elevado. Talvez hoje em dia o peso no seu orçamento familiar não seja muito grande. No entanto, à medida que envelhece o prémio do seguro de vida irá aumentar bastante. Neste artigo avaliamos se compensa ou não mudar de seguradora, mesmo com agravamento de spread.

Como Fazer O Diagnóstico?

Para perceber se vale ou não a pena mudar o seu seguro de vida, deverá ter em consideração três variáveis muito importantes:

  • Prémio Atual – Quanto paga atualmente pelo seguro de vida associado ao crédito habitação.
  • Spread Atual do Seu Crédito Habitação – Pode até compensar mudar todo o crédito habitação para outro banco, especialmente se o seu spread for superior a 2%.
  • Análise à escritura – Apesar do banco não poder rever as condições do seu spread, a pressão será tanta que pode ser desencorajado a mudar de seguradora.

Tenha Uma Certeza Associada Ao Seu Seguro de Vida

Uma coisa garantimos. Se nunca olhou para o prémio do seu seguro de vida e se nunca teve o cuidado de negociar este prémio (a maioria das pessoas nem olha para o seguro de vida quando contrata o crédito habitação), é muito provável que esteja a pagar demasiado pelo seu seguro.

Temos inúmeros exemplos de poupanças superiores a 60%. E se considerarmos que os contratos duram vários anos, imagine quanto pode poupar (se poupar apenas 10€ num contrato de 30 anos, irá poupar pelo menos €3.600, ignorando o impacto da variação da idade no prémio do seguro de vida).

Faça As Suas Contas

Imagine que contacta o serviço de otimização de seguros da Reorganiza e constata que pode poupar 50% do prémio mensal do seguro de vida. Imagine que essa poupança é de €30 por mês. Agora, deverá perceber quanto poderá ver o seu spread agravado em caso de mudança. Na maioria dos casos, o benefício associado à inclusão do seguro de vida na escritura é de 0.10%.

Num contrato de €100.000 a 30 anos e com taxa de juro de 1.9%, o agravamento de 0.10% é de… 5€ mensais. Poupa, assim, €25 todos os meses, o que no final do prazo resulta numa poupança de pelo menos €9.000.

Por Que Não Tentar Poupar Dinheiro Com o Seguro De Vida?

Tendo em conta o atrás exposto, resta-nos perguntar por que não tentar poupar dinheiro com o seu seguro? Não custa nada. O serviço é isento de custos pois quem remunera os mediadores são as próprias companhias de seguros. Assim, sugerimos que veja como poupar dinheiro com o seguro de vida.

Avalie este artigo
COMPARTILHAR
Artigo anteriorQuanto podemos ganhar com os investimentos?
Próximo artigoNecessidades de Fundo Maneio e Gestão de Tesouraria
João Morais Barbosa
Iniciou a sua carreira no setor financeiro onde desempenhou funções de analista de ações e gestor de fundos de investimento. Especialização em mercados e ativos financeiros no ISCTE e uma pós-graduação em Análise Financeira no ISEG, curso que lhe conferiu o Certificado Europeu de Analista Financeiro. Fundou a Escola de Finanças Pessoais – sendo co-autor de seis livros nesta temática (Manual das Finanças Pessoais, Manual da Poupança, Como Acabar com as Dívidas Pessoais e Familiares, O meu primeiro livro de Finanças Pessoais e Como ensinar o meu filho a poupar, Viva uma Reforma Feliz). Através da Escola de Finanças Pessoais já formou mais de 5.000 colaboradores de empresas nacionais e internacionais. Tendo sido Diretor-Comercial na DignusCapital, decide criar o seu projeto próprio na área da renegociação e intermediação de crédito, fundando a Reorganiza, empresa onde trabalha atualmente.

DEIXE UMA RESPOSTA